Docente da Universidade da Madeira nomeado Presidente de comité de workshops internacionais na área do raciocínio não monótono

Estes workshops têm por propósito reunir investigadores na área do raciocínio não monótono, dentro do campo de conhecimento de Representação de Conhecimento e Inferência, uma das áreas fundamentais da Inteligência Artificial.

Reitoria da Universidade da Madeira, Colégio dos Jesuítas

O Professor Catedrático da Faculdade de Ciências Exatas e da Engenharia da Universidade da Madeira e investigador do Polo Madeira N-LINCS, Eduardo Fermé, foi recentemente nomeado
Presidente do Comité Diretor dos Workshops Internacionais de Raciocínio não Monótono (NMR).

O Presidente e restantes membros do Comité Diretor têm como missão supervisionar a organização dos futuros workshops NMR e servir de interface com outras comunidades de Inteligência Artificial (IA).

Estes workshops têm por propósito reunir investigadores na área do raciocínio não monótono,
dentro do campo de conhecimento de Representação de Conhecimento e Inferência, uma das
áreas fundamentais da Inteligência Artificial.

A primeira reunião de NMR foi organizada por John McCarthy (considerado o pai da Inteligência Artificial), na Universidade de Stanford em 1978. O primeiro workshop internacional de NMR foi realizado em Mohonk Mountain House, New Paltz, Nova York, em junho de 1984. Desde então, já foram realizadas 20 edições nos cinco continentes.

Recomendadas

Médicos internos preenchem totalidade das 39 vagas disponibilizadas à Madeira

Este processo, que decorre em simultâneo a nível nacional, é acompanhado na Região Autónoma da Madeira pelo Instituto de Administração da Saúde (IASAÚDE), entidade responsável pelo Internato Médico na Região.

Funchal: Prorrogado prazo de reabilitação da ETAR

Foi aprovada a participação da Câmara num instituto sem fins lucrativos, o Instituto para o Desenvolvimento e Inovação Tecnológica (IDEA).

Madeira aprova 74 contratos-programa de desenvolvimento desportivo no valor de quatro milhões de euros

Foi autorizada ainda a celebração de um acordo de cooperação entre o Instituto de Segurança Social da Madeira e a Associação Santana Cidade Solidária, de 21,4 mil euros, relativo ao financiamento das respostas sociais loja social e atendimento e acompanhamento social.
Comentários