Dois anos depois, Nova Zelândia já iniciou abertura de fronteiras

Depois de ter encerrado as suas fronteiras ao mundo a março de 2020, os voos começaram a chegar ao espaço aéreo neozelandês na manhã desta quinta-feira.

2. Air New Zealand

Lágrimas de alegria e saudade marcaram as chegadas do aeroporto da Nova Zelândia. O país abriu esta quinta-feira as fronteiras e levantou a obrigatoriedade do isolamento, fazendo com que muitos viajantes fossem recebidos pelos amigos e família.

Após dois anos de fronteiras encerradas e de fortes restrições, nas quais a Austrália era a única mais suavizada, o aeroporto neozelandês encheu-se de alegria, lágrimas e gritos.

O “The Guardian” falou com Steve, de 72 anos, que se encontrava à espera de alguém nas chegadas. “Esperei seis meses por este momento. Estou felicíssimo mas sinto-me meio trémulo”. A noiva de Steve era uma das passageiras nos primeiros voos de regresso à Nova Zelândia e estava a chegar da Austrália. Para manter a relação estável, depois de seis meses sem se verem, Steve adiantou à publicação que falavam ao telefone durante cinco horas ao dia. “É uma forma de manter a nossa sanidade. Tem sido muito difícil”, disse.

Quarta-feira marcou o fim das viagens com medo e com grandes custos de duas semanas de quarentena. Depois de ter encerrado as suas fronteiras ao mundo a março de 2020, os voos começaram a chegar ao espaço aéreo neozelandês na manhã desta quinta-feira. Para quem chega ao país já não é pedido o isolamento obrigatório de duas semanas nem o cumprimento de todo o processo de quarentena anterior.

No entanto, se para uns as lágrimas são de felicidade há também lágrimas de pesar a cair no chão do aeroporto. Tania Fitzhenry é um desses exemplos, dado que esteve à espera do irmão para que se conseguissem despedir do pai em conjunto. “Estamos a tentar que ele chegue a Huntly a tempo de ver o nosso pai”, que já se encontra num estado frágil.

“Parece uma eternidade. Acho que o nosso pai esteve à espera durante toda a semana. Espero por Deus que se aguente, ele só tem de se aguentar mais umas horas. Até à noite passada dissemos-lhe que não fazia mal se ele tivesse de ir [morrer], mas quando tivemos a confirmação que o Craig [irmão] vinha só lhe pedimos para aguentar”, disse Tania ao “The Guardian”.

O plano de levantamento das restrições na Nova Zelândia sofreu um contratempo temporário, de apenas alguns dias, devido à variante Ómicron. Agora, os neozelandeses já vacinados, provenientes da Austrália, que queiram ir ao país já o podem fazer a partir de hoje, enquanto os neozelandeses vacinados provenientes de outras partes do mundo só o podem fazer a partir de amanhã.

Relacionadas

Nova Zelândia vai abrir fronteiras por etapas no fim de fevereiro

De relembrar que as fronteiras da Nova Zelândia estiveram encerradas durante dois anos por causa da pandemia.

Covid-19. Austrália reabre na segunda-feira fronteira a turistas vacinados

Cerca de 56 voos internacionais aterram nas próximas 24 horas na Austrália, que reabre na segunda-feira as suas fronteiras a estrangeiros e turistas vacinados contra a Covid-19, disse este domingo o primeiro-ministro, Scott Morrison.
Recomendadas

Portugal registou 15.214 novos casos de Covid-19 e 43 mortes na última semana

Entre 9 e 15 de agosto, registou-se uma descida no número de casos positivos por Covid-19 (4.382) e morreram menos 20 pessoas quando comparado com a semana anterior, revelou a DGS.

Covid-19: Nova geração de vacina, direcionada à variante Ómicron, aprovada no Reino Unido (com áudio)

Esta versão da vacina, a primeira no mundo, consiste numa dose de reforço, visando metade a variante original do vírus e metade a variante Ómicron.

Portugal registou 19.643 novos casos de Covid-19 e 62 mortes na última semana

Entre 2 e 8 de agosto, registou-se uma descida no número de casos positivos por Covid-19 (1.615) e morreram menos seis pessoas quando comparado com a semana anterior, revelou a DGS.
Comentários