“Dono disto tudo? Designação é irrisória…”, refere Salgado

O antigo presidente do Banco Espírito Santo (BES), Ricardo Salgado, recusou o título de “dono disto tudo”, pela qual ficou conhecido na opinião pública, afirmando que quem manda em Portugal são os portugueses. “Considero-me uma pessoa sóbria e trabalhadora. Esta designação de Dono disto tudo é irrisória”, afirmou no parlamento Ricardo Salgado, durante a sua […]

O antigo presidente do Banco Espírito Santo (BES), Ricardo Salgado, recusou o título de “dono disto tudo”, pela qual ficou conhecido na opinião pública, afirmando que quem manda em Portugal são os portugueses.

“Considero-me uma pessoa sóbria e trabalhadora. Esta designação de Dono disto tudo é irrisória”, afirmou no parlamento Ricardo Salgado, durante a sua audição na comissão de inquérito ao caso BES.

“Para mim, sinceramente, dono disto tudo é o povo português e os senhores são os representantes do povo português”, realçou.

E reforçou: “Isto foi uma rotulação que me foi colada, possivelmente para me prejudicar no futuro”.

OJE/Lusa

Recomendadas

FMI estima que a espiral de salários-preços ainda é um “risco limitado”

A ausência de uma espiral preços-salários não deve levar os líderes a não agirem para combater a inflação persistente, considera ainda o Fundo Monetário Internacional.

Compra de carros de luxo pela TAP “é um problema de bom senso”, diz Marcelo Rebelo de Sousa

“Já falei em relação a várias entidades públicas no passado e em relação à distribuição de dividendos e em relação aos salários e entendo que quando se está num período de dificuldade deve fazer-se um esforço para dar o exemplo de contenção”, defendeu hoje Marcelo Rebelo de Sousa.

Albergaria investe 3,7 milhões de euros na zona industrial para captar investimento e criar emprego

O município “tem realizado um forte investimento no desenvolvimento económico, dinamizando o sector empresarial e a economia local” nos últimos anos, segundo António Loureiro, Presidente da Câmara Municipal de Albergaria-a-Velha.