Dstgroup recebe prémio internacional como uma das melhores empresas para trabalhar

Empresa ligada ao sector da engenharia e construção foi distinguida com o certificado de ‘Top Employer 2023’, a mais importante certificação internacional no âmbito das melhores práticas de recursos humanos a nível mundial.

O dstgroup foi distinguido a nível internacional como uma das melhoras empresas para trabalhar, tendo recebido o certificado ‘Top Employer 2023’, a mais importante certificação internacional no âmbito das melhores práticas de recursos humanos a nível mundial.

A distinção foi entregue esta terça-feira pela TOP Employers Institute, a entidade internacional que avalia e auditoria as melhores práticas de recursos humanos nas organizações espalhadas pelo mundo, tendo por base a HR Best practices survey.

Em Portugal, apenas 37 empresas estão certificadas e alinhadas com os mais exigentes padrões de avaliação, sendo que a nível mundial o número é de 2.053 empresas.

A entidade avaliou o dstgroup em áreas como a estratégia de pessoas, desempenho ou diversidade e inclusão. A empresa ficou ainda acima da média mundial em requisitos como a aquisição de talento, estratégia de negócio, ambiente de trabalho e employer branding.

No final de 2022, a empresa contava com 2.277 trabalhadores e espera este ano continuar a crescer, tendo em conta os vários projetos que tem em carteira.

José Machado, diretor de Recursos Humano do grupo, considera que “receber esta distinção internacional, num leque muito restrito de empresas nacionais certificadas é para nós a prova de que o investimento no nosso capital humano é efetivamente distinto”.

Por sua vez, David Plink, CEO do Top Employers Institute, salienta que os “tempos excecionais trazem à tona o melhor das pessoas e das organizações. E testemunhamos isso no nosso programa de certificação top employers deste ano”.

Recomendadas

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quarta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quarta-feira.

Compra da Activision pela Microsoft levanta dúvidas ao regulador britânico

O regulador britânico publicou esta quarta-feira a sua decisão provisória sobre a compra da Activision pela Microsoft, avança a “CNBC”, afirmando que a aquisição pode resultar em preços mais elevados, menos opções e menos inovação.

Grandes petrolíferas dobraram lucros e atingem recorde

Lucros e dividendos a atingirem novos recordes, dívida a reduzir e investimento a aumentar. Grandes petrolíferas ocidentais registaram um bom ano de 2022.
Comentários