PremiumÉ o gasóleo, estúpido. Embargo à Rússia só vai doer em fevereiro

Conhecido há meses, o embargo europeu arrancou esta semana. Mas se há muitas alternativas ao crude, existem dúvidas sobre a segunda fase do embargo, que vai proibir as compras de produtos petrolíferos, como gasóleo, que é comprado por muitos países europeus.

Dado Ruvic/Reuters

O problema não está no petróleo, mas sim nos produtos refinados: é o gasóleo, estúpido, (adaptando a célebre frase da campanha de Bill Clinton em 1992 (it’s the economy, stupid)).

A Europa ocidental recebe diariamente 1,3 milhões de barris de gasóleo de várias partes do mundo. Quase metade (600 mil) tem origem na Rússia: Moscovo é de longe o maior fornecedor de gasóleo à Europa, muito acima dos cerca de 240 mil barris diários com origem na Arábia Saudita, segundo dados da “Bloomberg”.
O embargo aos produtos petrolíferos russos a partir de 5 de fevereiro é visto agora como a grande ameaça energética à Europa.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

PremiumPatrões querem que todas as despesas de teletrabalho fiquem isentas de IRS

Governo estuda fixar um valor até ao qual as despesas de teletrabalho estão livres de IRS. Patrões consideram positivo, mas avisam: ideal seria todos os pagamentos estarem isentos.

PremiumTaxa dos sacos de plásticos rende 2,1 milhões em sete anos

Receita arrecadada com a contribuição sobre os sacos de plástico leves nunca chegou sequer perto da estimativa do Governo. Retalhistas mudaram gramagem dos sacos, escapando à tributação.

PremiumSem alternativas ao plástico, retalho recusa fim dos sacos ultraleves

A partir de junho, está proibida a disponibilização de sacos de plástico ultraleves para embalamento ou transporte de pão, frutas e legumes. A APED contesta-o, frisando que não há alternativas adequadas.
Comentários