E-toupeira: Benfica SAD não terá sanção desportiva

SAD benfiquista corria o risco de ser impedida de participar em competições desportivas num período entre 6 meses a três anos. O crime que colocaria essa participação em causa, caiu por terra.

Football Soccer – Benfica v Besiktas – Champions League – Luz stadium, Lisbon, Portugal – 13/9/16. Benfica’s Franco Cervi celebrates after scoring a goal. REUTERS/Pedro Nunes EDITORIAL USE ONLY. NO RESALES. NO ARCHIVE.

Com a queda do crime de recebimento indevido de vantagem que constavam na acusação do Ministério Público, a SAD benfiquista afasta assim o risco de ser impedida de participar em competições desportivas num período entre 6 meses a três anos no que diz respeito ao processo e-toupeira.

A leitura da decisão instrutória está a ser lida neste momento, sessão em que os arguidos vão saber se vão e em que termos a julgamento, já foi agendada duas vezes. Inicialmente, o anúncio da decisão esteve previsto para 13 de dezembro, tendo sido adiada para esta quinta-feira, 20 de dezembro, com a juíza de instrução criminal a justificar o adiamento junto dos arguidos pelo facto de na data inicialmente prevista “ter de estar presente em diligências de outro processo”.

No debate instrutório, realizado a 3 de dezembro, o Ministério Público (MP) voltou a pedir ao tribunal que levasse todos os arguidos a julgamento, incluindo a SAD do Benfica, reiterando que o presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, tinha conhecimento das contrapartidas entregues por Paulo Gonçalves aos funcionários judiciais, a troco de informações sobre inquéritos. Neste inquérito são quatro os arguidos: Paulo Gonçalves, ex-assessor Jurídico do Benfica; dois funcionários judiciais (um deles observador de arbitragem); e a SAD benfiquista.

Relacionadas

E-toupeira: Caíram os 30 crimes da SAD do Benfica

Decisão foi hoje anunciada pela juíza de instrução criminal (JIC) Ana Peres, não dando seguimento à acusação da totalidade dos crimes de que a Benfica SAD estava acusada pelo Ministério Público. SAD benfiquista livra-se assim de se sentar no banco dos réus.
Recomendadas

Râguebi português no Mundial: uma oportunidade para atrair patrocinadores? Veja o “Jogo Económico”

O râguebi português vive um momento histórico com a segunda qualificação para o Mundial. Dos apoios aos patrocínios, o que ganha a modalidade com esta visibilidade? Carlos Amado da Silva, presidente da Federação Portuguesa de Râguebi, é o convidado desta edição.

Mundial2022. Croácia nas meias-finais após eliminar o Brasil nos penáltis

A Croácia qualificou-se esta sexta-feira para as meias-finais do Mundial de futebol de 2022, ao vencer o pentacampeão Brasil por 4-2 no desempate por penáltis, após 1-1 nos 120 minutos, no primeiro encontro dos quartos de final.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta sexta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta sexta-feira.
Comentários