Economia portuguesa acumula défice externo de 2,2 mil milhões de euros até setembro

Segundo o Banco de Portugal, as balanças corrente e de capital atingiram um excedente de 285 milhões de euros, o que corresponde a um aumento de 326 milhões de euros relativamente ao mesmo período de 2021.

A economia portuguesa apresentou um défice externo de 2.204 milhões de euros até setembro, que compara com um excedente de 1.042 milhões em igual período de 2021, divulgou o Banco de Portugal esta sexta-feira.

Segundo o regulador, as balanças corrente e de capital atingiram um excedente de 285 milhões de euros, o que corresponde a um aumento de 326 milhões de euros relativamente ao mesmo período de 2021.

Na balança de bens, verificou-se um aumento do défice, de 764 milhões de euros, que é “explicado por um crescimento das importações superior ao das exportações em relação a setembro de 2021 (taxas de variação homólogas de 29,8% e 24,3%, respetivamente)”, refere o Banco de Portugal.

A redução do saldo da balança de bens foi mais do que compensada pela evolução da balança de serviços, indica, destacando os aumentos das exportações e das importações, de, respetivamente, 46,8% e 14,2% relativamente a setembro de 2021.

Para estas subidas contribuiu, sobretudo, a rubrica de viagens e turismo, na qual as exportações e as importações cresceram, em termos homólogos, respetivamente, 72,2% e 29,6%. O excedente desta rubrica aumentou 857 milhões de euros, para 1.762 milhões de euros.

Relativamente ao défice da balança de rendimento primário, registou-se um aumento devido ao incremento de pagamentos líquidos de rendimentos de investimento, nomeadamente sob a forma de dividendos.

Quanto ao saldo da balança financeira, até setembro, foi negativo em 1.500 milhões de euros, o que traduziu um aumento dos passivos perante o exterior (10,9 mil milhões de euros) superior ao incremento dos ativos (9,3 mil milhões de euros).

Recomendadas

Macau renova licenças às seis atuais operadoras de casinos no território

MGM Grand Paradise, Galaxy Casino, Venetian Macau, Melco Resorts (Macau), Wynn Resorts (Macau) e SJM Resorts viram as propostas aprovadas.

PremiumOCDE deixa quatro recados a Portugal, do PRR ao orçamento

A OCDE está menos otimista do que estava no verão quanto à evolução da economia portuguesa no próximo ano, tendo revisto em baixa a previsão de crescimento do PIB. Aproveitou também para alertar para a importância do PRR e da consolidação orçamental.

OE2022: Segurança Social regista excedente de 3.358 milhões de euros até outubro

A receita da Segurança Social aumentou em 9,1% e atingiu os 28.387,7 milhões de euros até outubro, enquanto a despesa caiu 0,5% para 25.030,1 milhões de euros, de acordo com a síntese divulgada hoje pela Direção-Geral do Orçamento (DGO).
Comentários