Farto de chegar ao final do mês sem dados móveis? Siga estas dicas

Se costuma navegar, usar aplicações ou ver vídeos em 3G ou 4G, o dispositivo consome dados móveis. É uma solução prática na falta de uma ligação wi-fi, na estrada, no comboio ou em férias. E tudo se tornou mais interessante após a abolição do roaming na União Europeia. Mas a navegação móvel não é ilimitada, nem gratuita. Saiba como gerir os seus dados.

Se costuma navegar, utilizar aplicações ou ver vídeos em 3G ou 4G, então sabe da quantidade de dados que isso gasta.

No entanto, a navegação móvel não é ilimitada, nem gratuita. Uma quantidade determinada de dados, expressa em megabytes (MB) ou gigabytes (GB), costuma estar disponível consoante o tipo de tarifário ou cartão recarregável pré-pago. Se ultrapassar o tráfego de dados incluído, a fatura no final do mês dispara.

Para melhor gerir os seus gastos, a Deco Proteste apresenta-lhe um conjunto que dicas que podem ajuda-lo a dar uma melhor utilização dos dados móveis e evitar que a fatura no final do mês seja mais pesada.

  •  Verifique e controle o consumo de dados

Verifique o que o seu tarifário prevê quando esgota os dados.

Há tarifários de telemóvel que acionam de modo automático limites extra após esgotar o plafond. Regra geral, fazem avisos prévios quando esgota 80% e 100%, mas, uma vez esgotado, é aplicado um custo de 1,99 euros por apenas 100 ou 250 MB (válido por 1 ou 5 dias, conforme o caso). Ao esgotar o limite, não arrisque e desligue os dados móveis. Aguarde até reiniciar a contagem do tarifário e assim evita custos extra.

De modo a evitar isso, ative a ligação de dados móveis apenas e só quando precisar.

  • Aplicações e funcionalidades que consomem mais

As funcionalidades não consomem por igual. O GPS, as chamadas de vídeo nas redes sociais e vídeos no YouTube são verdadeiros glutões.

O consumo de dados em aplicações também pode ocorrer, mesmo que não esteja a utilizá-las. Este cenário é real e pode acontecer sem que se aperceba disso. Por exemplo, uma aplicação pode facilmente carregar dados em segundo plano sem que seja visível nenhuma atividade (por exemplo, sincronização de e-mail).

Outra função que pode estar a “roubar” os preciosos dados móveis é chamada de “Apoio wi-fi” no sistema iOS, e alterna de forma automática o telemóvel para dados móveis, quando a cobertura wi-fi é fraca. E tudo acontece sem que repare nisso, quando, por exemplo, vê um vídeo no YouTube e se desloca para uma zona da casa onde a rede wi-fi é fraca.

  • Faça downloads em casa

O download de uma app pode custar muito caro: entre 20 a 50 MB, consoante o tamanho.

O melhor é instalar apenas em modo wi-fi. A mesma dica serve para enviar e receber ficheiros multimédia (por exemplo, 1 MB para carregar uma foto no Facebook e 1 a 2 MB para enviar uma mensagem no WhatsApp com fotos). Uma das opções do WhatsApp permite carregar fotos ou vídeos apenas em wi-fi. Vá a Definições > Dados e armazenamento; em Descargas Automáticas, selecione a opção wi-fi.

A reprodução automática de vídeo no Facebook também devora dados. Desative-a em Definições > Vídeos e fotos > Reprodução automática > Apenas em ligações wi-fi.

O streaming de música ou vídeo provoca um rombo maior. Se é fã da Netflix, escolha descarregar os episódios previamente via wi-fi. Para ver vídeos do YouTube, escolha a qualidade mais baixa no canto superior direito, em Qualidade, 144p é a resolução mais baixa.

  • Ver o resumo do consumo de dados

No Android, em Definições > Utilização de dados, pode ver o resumo do volume consumido nos últimos 30 dias.

No iPhone, em Definições > Dados móveis, pode controlar o que gastou durante o denominado “Período atual”, que começa quando ativa o dispositivo pela primeira vez. No final do mesmo ecrã, pode reiniciar esta contagem em “Repor estatísticas”. O iPhone também permite travar a utilização de dados móveis pelas aplicações devoradoras do plano de dados deslizando para a esquerda o controlo à frente de cada app.

  • Poupar dados

Para poupar, também pode definir que estas atividades só funcionem quando se cruzarem com uma rede wi-fi.

No iPhone, vá a Definições > Geral > Atualizar em segundo plano, selecione a opção wi-fi. No Android, em Definições > Utilização de dados > Dados segundo plano (Economizador de dados ou equivalente), clique nas aplicações e desative o uso de dados móveis para atualizações em segundo plano.

  • Navegue nas versões mobile

A versão mobile de um site (começa com m, mob ou mobile) consome menos dados do que a normal.

Quando estiver disponível, é melhor usá-la para poupar. No Android, pondere utilizar a versão light do Facebook ou do Gmail. As apps Facebook Lite e Gmail Go foram concebidas para uso com ligações mais lentas ou instáveis. Garantem as funções básicas e consomem menos dados (por exemplo, não carregam fotos de modo automático, fazem menos sincronizações, etc.).

Recomendadas

Saiba em que consiste a etiqueta energética e a sua importância na compra de equipamentos elétricos

A nova etiqueta energética já é uma realidade no nosso mercado. Os consumidores precisam de conhecer esta ferramenta, útil e intuitiva, para escolher os seus eletrodomésticos de forma esclarecida e eficiente.

Controlar despesas? Siga esta cinco estratégias

Organizar o orçamento familiar e analisar as despesas com maior peso mensal são dois passos essenciais para planificar a sua vida financeira. Conheça algumas estratégias e ferramentas para fazer frente à atual “avalanche” de aumento de preços e proteger a sua carteira.

Sabe se vai compensar mudar para o mercado regulado do gás? A Deco lança calculadora

Com esta calculadora, pode introduzir a quantidade de gás natural que habitualmente consome, consultando a última fatura, e indicar o número de dias a que essa fatura se refere. Basta depois copiar os dados da fatura para a calculadora e obtém, de imediato, o custo que teria em igual consumo e igual período de faturação no mercado regulado a partir de outubro.
Comentários