EDP colocou mais de 672 milhões da emissão de dívida verde

A EDP estima encaixar cerca de 672 milhões de euros da emissão de mil milhões de ‘dívida verde’, anunciou a empresa. A oferta expirou na tarde da passada sexta-feira.

A EDP estima que o montante final da operação seja de 672,8 milhões de euros. A empresa tinha feito uma oferta de venda em dinheiro dos valores mobiliários representativos de dívida no valor global de mil milhões de euros, a maturar em 2079, refere um comunicado do grupo enviado à Euronext Dublin, esta segunda-feira. Essa oferta expirou na passada sexta-feira.

O objetivo da energética passa agora por emitir “uma nova série de instrumentos representativos de dívida subordinada fixed to reset”, em euros, mas sujeita às condições de mercado, adianta o mesmo comunicado. Ainda assim, o grupo sublinha que os mesmos não são garantidos.

“São senior apenas relativamente às ações ordinárias da EDP, e subordinados às suas obrigações seniores”, lê-se.

O propósito da oferta lançada juntamente com a emissão de ‘dívida verde’ subordinada é “gerir proativamente os instrumentos híbridos”.

O comunicado salienta ainda que as receitas provenientes desta emissão serão aplicadas no portfólio de projetos verdes elegíveis do grupo.

Recomendadas

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quarta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quarta-feira.

Compra da Activision pela Microsoft levanta dúvidas ao regulador britânico

O regulador britânico publicou esta quarta-feira a sua decisão provisória sobre a compra da Activision pela Microsoft, avança a “CNBC”, afirmando que a aquisição pode resultar em preços mais elevados, menos opções e menos inovação.

Grandes petrolíferas dobraram lucros e atingem recorde

Lucros e dividendos a atingirem novos recordes, dívida a reduzir e investimento a aumentar. Grandes petrolíferas ocidentais registaram um bom ano de 2022.
Comentários