EDP emite mil milhões de dívida verde a 5,95%

A EDP fixou o preço da emissão de dívida subordinada. A emissão de 1.000 milhões tem uma opção de reembolso antecipado pela EDP, ao fim de cinco anos após a data de emissão, data de vencimento em Abril de 2083 e uma yield de 5,95% (cupão de 5,943%) nos primeiros 5 anos e três meses.

A EDP revelou as condições da emissão das “Novas Green Notes Subordinadas”.

Na sequência do anúncio hoje publicado relativamente ao lançamento de um convite de oferta para venda (com pagamento em numerário) de “instrumentos representativos de dívida subordinada fixed to reset rate e de uma nova emissão de instrumentos representativos de dívida green subordinada”, a EDP veio a público informar o mercado as condições da emissão.

A EDP diz que o preço da emissão de instrumentos representativos de dívida subordinada fixed to reset rate no montante total de 1.000 milhões de euros – com uma opção de reembolso antecipado pela EDP ao fim de 5 anos após a data de emissão, com data de vencimento em Abril de 2083 – tem uma yield de 5,95% (cupão de 5,943%) aplicável até à primeira data de reset a ocorrer 5 anos e 3 meses após a emissão.

Os instrumentos representativos de dívida não são garantidos (unsecured), são sénior apenas relativamente às ações ordinárias da EDP e subordinados às suas obrigações de dívida sénior, segundo a Energias de Portugal.

Na prática, a EDP vai substituir a emissão de mil milhões que tinha sido colocada no mercado em 2019 por uma nova linha de títulos de dívida verde.

As receitas desta emissão de dívida serão depois destinadas ao portfólio de projetos “verdes” do grupo liderado por Miguel Stilwell de Andrade.

 

Relacionadas

EDP lança oferta de dívida no valor de mil milhões de euros

A EDP tem de aceitar a aquisição da dívida, estando a mesma sujeita a “certos termos, condições e limites estabelecidos no respetivo Tender Offer Memorandum”.
Recomendadas

Swiss Post abre centro de IT em Lisboa e vai recrutar 50 trabalhadores até ao final do ano

O IT Campus de Lisboa tem abertura agendada já para o mês de fevereiro, sendo que um dos objetivos da empresa passa por contar com 150 colaboradores nos próximos dois a três anos.

eBay prepara-se para despedir 500 trabalhadores nas próximas 24 horas

O CEO do eBay apontou que a decisão se prende com “a situação macroeconómica no mundo” e com a necessidade de alterações na estrutura da empresa.

Greve de trabalhadores da CP e IP levou à supressão de 16 comboios até às 8 horas

A CP informou no início da semana que o Tribunal Arbitral não decretou serviços mínimos para a greve de trabalhadores que começa hoje e alargou as previsões de “fortes perturbações” na circulação até 21 de fevereiro.
Comentários