EDP Open Innovation: Startup espanhola Rated Power é a grande vencedora

Ainda no âmbito do Programa EDP Open Innovation, foram escolhidos os três finalistas que vão estar na Web Summit e à startup vencedora Rated Power junta-se a Cosol e Invoice Capture.

O Programa EDP Open Innovation elegeu a Rated Power, startup espanhola que apresentou um conceito inovador de planeamento eficiente de centrais para produção de energia solar, como a grande vencedora de entre 14 startups.

O EDP Open Innovation é um programa de aceleração de startups, que tem como objetivo apoiar o empreendedorismo tecnológico com foco em energia e nas suas múltiplas variantes, incluindo big data, internet of things (IoT), machine learning, data analytics, tendo, no ano passado, alargou o seu universo de atuação para o Brasil e Espanha.

Após a receção de mais de 363 candidaturas vindas do Brasil, Espanha, França e Portugal, as 14 startups finalistas apresentaram-se agora em palco com um Pitch para tentar convencer o júri de que o seu projeto deveria ser o grande vencedor.

No pódio do empreendedorismo, juntaram-se mais duas startups que também foram premiadas com seis meses de incubação na EDP Starter e com o acesso garantido à Web Summit, onde vão expor os seus projetos no stand da EDP: a Cosol, segunda classificada, que quer apostar na criação de um mercado online de distribuição de energia renovável; e a Invoice Capture, terceira classificada, que apresentou uma solução de TI que assenta numa ferramenta digital de coleta financeira que trata automaticamente de todos os processos ligados a pagamentos, enquanto providencia análise em tempo real e previsão de fluxos de dinheiro.

Estas três empresas vão juntar-se às dez startups já confirmadas para a Web Summit e que foram selecionadas pela EDP de entre as 19 que estão atualmente integradas na EDP Starter. São elas: Black Block, Agroop, BeOn, EGG, Glartek, Ionseed, Pro-Drone, Sentimer, Nesto e Delfos (Vencedora do EDP Open Innovation em 2016) com negócios focados em big data, IoT, eficiência energética, energia solar, armazenamento e distribuição de energia. Estas startups estarão inseridas no programa ALPHA da Web Summit e terão direito a uma zona de exposição, mentoring, workshops, participação em mesas redondas e contato com investidores.

Recomendadas

Startup de Braga cria dispositivo que permite testar sangue em três minutos

A solução desenvolvida pela CRIAM é portátil e “80% mais barata que os equipamentos convencionais”. A startup diz que reduz o erro humano e a dependência de reservas de sangue e que é aplicável em situações de emergência.

Fundo dos CTT participa em investimento de 5,2 milhões da startup luso-americana Habit

O fundo de 5 milhões de euros TechTree, lançado pelo operador postal, investiu na ronda da Habit, depois de ter apostado nas empresas Kit-AR e na Sensefinity, ligadas à Realidade Aumentada e sensorização logística.

Casa do Impacto tem mais 500 mil euros para startups

Há novidades nesta terceira edição do +PLUS: a alocação de 50% do orçamento do fundo para soluções de impacto ambiental e outros 50% (250 mil euros) para soluções inovadoras de impacto social.
Comentários