EDP Renováveis e Vestas instalam as maiores turbinas eólicas da Península Ibérica

O parque fornecerá energia suficiente para cobrir as necessidades de eletricidade de aproximadamente 27 mil pessoas, avança a EDP Renováveis em comunicado.

“Mostrámos que é possível explorar vento em locais que seriam inacessíveis”, disse o diretor do projeto, José Pinheiro

A EDP Renováveis concluiu a instalação das duas maiores e mais potentes turbinas eólicas onshore da Península Ibérica. Em comunicado a empresa detalha que “o projeto, situado no parque eólico Barão São João, em Lagos, conta com duas turbinas eólicas Vestas EnVentus V162-6,2 MW [megawatts], as maiores e mais potentes na Península Ibérica”.

“As suas pás, com 80 metros de comprimento, equipam os aerogeradores que vão fornecer à rede portuguesa mais de 34 GWh [gigawatts hora] de energia renovável adicional por ano”, revela a EDPR em comunicado.

O parque fornecerá energia suficiente para cobrir as necessidades de eletricidade de aproximadamente 27 mil pessoas.

Com este projeto, a Vestas totaliza mais de 900 MW de capacidade instalada ou em construção em Portugal e quase seis GW na Península Ibérica.

Segundo a EDP Renováveis, o projeto inicial, que está em funcionamento no município de Lagos, incluía 25 turbinas de dois MW (megawatts) cada e uma capacidade total instalada de 50 MW. “Ao adicionar estas duas novas turbinas eólicas V162-6, dois MW, a capacidade do parque eólico atingirá 62 MW”, frisa a empresa.

“O transporte das pás com 80 metros cada foi o mais complexo já realizado na Península Ibérica. A tecnologia Blade Lifter utilizada, pioneira na Europa para estas dimensões, utiliza a inclinação das próprias pás para adaptar o transporte às condições da estrada e à orografia do terreno”, explica a EDPR em comunicado.

A empresa refere que “ao sobre equipar os parques eólicos já em funcionamento, a produção de energia renovável aumenta, minimizando o impacto ambiental e paisagístico de novos projetos. Estes parques também tiram partido da ligação à rede e das infraestruturas existentes, ao mesmo tempo que contribuem para alcançar o objetivo de acelerar a transição energética global”.

Recomendadas

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta segunda-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta segunda-feira.

Disparo nos preços do petróleo duplica lucros do mercado global de matérias-primas

Entre 2018 e 2021, os lucros do mercado global de commodities passaram de 27 para 54 mil milhões de dólares e a volatilidade acrescida nos mercados de petróleo e gás após a invasão russa da Ucrânia devem ter agravado esta tendência, projeta a McKinsey.

Maiores bancos espanhóis preparam-se para contestar taxa sobre lucros “caídos do céu”

Os bancos espanhóis vão avançar com uma ação legal contra a contribuição sobre os lucros inesperados, de acordo com fontes próximas dessas instituições. Em Portugal, a medida não se aplica à banca. Antes, é exigida às empresas do sector da energia e da distribuição alimentar.
Comentários