EDP vende central hidroelétrica no Brasil por 243 milhões (com áudio)

A transação vem reduzir o peso da geração convencional e, nomeadamente, da exposição hídrica naquele país, em linha com o plano estratégico 2021-2025 dado a conhecer ao mercado em fevereiro do ano passado, é justificado num comunicado enviado à CMVM.

A EDP anunciou a conclusão da venda da Central Hidroelétrica de Mascarenhas, no Brasil, a uma subsidiária da Victory Hill Global Sustainable Energy Opportunities, por 243 milhões de euros (1.225 milhões de reais).

“A Energias de Portugal, através da sua subsidiária EDP – Energias do Brasil S.A. (“EDP Brasil”), detida em 57,55%1, informa que celebrou um contrato de compra e venda com a VH GSEO UK Holdings Limited, subsidiária da Victory Hill Global Sustainable Energy Opportunities, para a alienação de uma participação de 100% na Energest S.A., sociedade que detém a central hidroelétrica de Mascarenhas”, é referido num comunicado enviado à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Do valor total envolvido na operação, 800 milhões de reais (159 milhões de euros, considerando uma taxa de câmbio do real a 5,04 euros) serão pagos na data da conclusão da transação, sendo o restante pago de acordo com as condições estabelecidas no processo de renovação de concessão da central.

A transação vem reduzir o peso da geração convencional e, nomeadamente, da exposição hídrica naquele país, em linha com o plano estratégico 2021-2025 dado a conhecer ao mercado em fevereiro do ano passado, é ainda sublinhado no comunicado do regulador.

A Central Hidroelétrica de Mascarenhas, localizada no estado brasileiro de Espírito Santo, tem uma capacidade instalada de 198MW.

Recomendadas

Galp vai investir mais de cinco mil milhões no Brasil

A companhia quer investir mais na produção de petróleo, mas também nas energias renováveis.

Klarna permite pagamentos faseados em 870 marcas em Portugal (com áudio)

Prestes a completar o primeiro ano de operação em Portugal, a fintech sueca ultrapassou a marca dos 200 mil utilizadores nacionais da aplicação que permite dividir os pagamentos em três fases.

Prémio “João Vasconcelos – Empreendedor do ano 2022” atribuído aos fundadores da Coverflex

O prémio de “Empreendedor do Ano” foi entregue pelo presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Carlos Moedas, e por Bernardo Correia, ‘country manager’ da Google Portugal, entidade parceira desta edição.
Comentários