Efanor comprou mais 92 mil ações da Sonae Indústria

Na primeira operação, na terça-feira, a ‘holding’ adquiriu 19.184 ações, tendo no dia seguinte comprado mais 43.618 títulos. Na quinta-feira, a Efanor comprou 29.274 ações da Sonae Indústria.

A Efanor comprou mais 92 mil ações da Sonae Indústria, em três operações, nos dias 13, 14 e 15 de abril, segundo um comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Na primeira operação, na terça-feira, a ‘holding’ adquiriu 19.184 ações, tendo no dia seguinte comprado mais 43.618 títulos. Na quinta-feira, a Efanor comprou 29.274 ações da Sonae Indústria, segundo o mesmo comunicado.

Na nota, a empresa adiantou que a “notificação diz respeito a uma pessoa estreitamente relacionada com pessoas com responsabilidade de direção, na medida em que Duarte Paulo Teixeira de Azevedo e Carlos António Rocha Moreira da Silva são membros do órgão de administração da Sonae Indústria, SGPS, S.A. e membros do órgão de administração da Efanor Investimentos, SGPS, S.A.”.

Na terça-feira, o grupo adiantou que comprou, em duas operações, mais 109.116 ações da Sonae Indústria, de acordo com outro comunicado à CMVM.

Recomendadas

EDP emite 500 milhões de dólares de ‘green bonds’ a 5 anos

Esta emissão destina-se ao financiamento (ou refinanciamento) do portfólio de projetos renováveis elegíveis da EDP, anuncia a empresa.

Metro de Lisboa tem um novo Provedor do Cliente e é o ex-ministro Vieira da Silva

Vieira da Silva foi eleito Provedor do Cliente do Metro de Lisboa, mas é “um contrato de prestação de serviço não remunerado”. O mandato é de um ano, renovável sucessivamente por iguais períodos.

“Nem eu nem a FPF quisemos criar esquema para iludir a AT”, defende selecionador sobre empresa que detém

Fernando Santos pretendia a anulação de liquidação de IRS no valor de cerca de 4 milhões de euros, verba relativa aos anos 2016 e 2017, sabe o JE. O contrato celebrado entre o selecionador e a FPF foi efetuado através de uma empresa, sendo que o respetivo IRC já foi liquidado.
Comentários