Elon Musk acredita que uma recessão nos EUA é “inevitável” (com áudio)

Mais tarde ou mais cedo acontecerá uma recessão nos EUA, afirmou Musk no Fórum Económico do Catar.

1 – Elon Musk (277 mil milhões de dólares)

O CEO da Tesla, Elon Musk, defendeu ser “inevitável” uma recessão nos EUA e assegurou que esta provavelmente ocorreria mais cedo ou mais tarde.

Os comentários de Musk foram feitos no Fórum Económico do Catar, onde foi questionado sobre o seu “mau pressentimento” acerca da economia e do que achava sobre alegações feitas por funcionários do governo Biden de que uma recessão nos EUA “não seria inevitável”.

“Acho que uma recessão é inevitável num determinado momento”, respondeu Musk, segundo o “Business Insider”. “Quanto a uma recessão a curto prazo, acho que é provável que não”, acrescentou.

Musk já tinha falado antes sobre como os EUA estão a aproximar-se rapidamente de uma recessão. Em dezembro, o fundador da Tesla disse que a sua “intuição” indicava que provavelmente aconteceria na primavera ou no verão de 2022, mas o mais tardar em 2023.

A avaliação de Musk ocorre num momento em que Wall Street prevê maiores probabilidades de uma recessão, com o Goldman Sachs a dizer na terça-feira que os EUA têm 30% de probabilidade de atingir essa queda no próximo ano, acima da previsão anterior de 15%.

Enquanto isso, o analista de ações do Morgan Stanley nos EUA, Mike Wilson, disse que os economistas da empresa colocam a probabilidade de uma recessão no próximo ano em 35%. “Neste ponto, uma recessão não é apenas mais um risco ​​dada a situação do Fed com a inflação”, disse Wilson numa nota na terça-feira.

Ao contrário do que muitos defendem, o presidente dos EUA Joe Biden enfatizou numa entrevista à “Associated Press” na semana passada que uma recessão ainda é evitável e pediu aos americanos que permanecessem confiantes. “Estamos numa posição mais forte do que qualquer nação do mundo para superar esta inflação”, garantiu Biden.

Relacionadas

Filha trans de Elon Musk quer mudar de nome para se distanciar do pai

A filha mais velha do multimilionário é transgénero e quer mudar de nome, para este ficar de acordo com a sua identidade de género, mas também para se afastar do pai, com quem tem uma relação conflituosa.
Recomendadas

Avalanche em Itália mata pelo menos sete pessoas. Draghi culpa as alterações climáticas

A região tem registado temperaturas excecionalmente altas nos últimos dias. “O calor é incomum”, disse o porta-voz do serviço de resgate, Walter Milan, observando que os termómetros atingiram 10°C no pico da montanha nos últimos dias.

Ucrânia precisa de 750 mil milhões de dólares para plano de recuperação

“Hoje, as perdas diretas de infraestrutura da Ucrânia chegam a mais de cem mil milhões de dólares. Quem vai pagar pelo plano de renovação, que já está a ser avaliado em 750 mil milhões?”, questionou o primeiro-ministro do país, Denys Shmygal.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta segunda-feira, 4 de julho

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcaram o dia informativo desta segunda-feira.
Comentários