Elvira Fortunato faz balanço da investigação desenvolvida pelo CERN e da participação de Portugal

A ministra da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior visita esta-terça-feira, em Genebra, o Laboratório Europeu para a Física de Partículas, acompanhada do vice-presidente da FCT e de responsáveis de instituições de ensino superior e representantes da comunidade científica.  

A ministra da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Elvira Fortunato, visita esta terça-feira, 13 de setembro, o CERN – Conseil Européen pour la Recherche Nucléaire (Laboratório Europeu para a Física de Partículas), em Genebra, Suíça, acompanhada do vice-presidente da Fundação para a Ciência e Tecnologia, Francisco João Duarte Cordeiro Correia dos Santos, e de dirigentes de instituições de ensino superior e representantes de entidades científicas nacionais.

A visita tem como objetivo proceder a um balanço da investigação desenvolvida pelo CERN e da participação de Portugal, que contribui para os custos de operação do Laboratório Europeu, representando essa contribuição cerca de 1,1% do orçamento geral do CERN. Na avaliação da tutela, este apoio permitiu a Portugal ter em 2021 “um excelente retorno em termos de participação de recursos humanos nacionais nos diversos programas”.

Em Genebra, Elvira Fortunato acompanhará igualmente os mais recentes desenvolvimentos da Estratégia Europeia para a Física de Partículas 2021-2025, desenvolvida pelo CERN e pelos países parceiro, incluindo Portugal. Esta estratégia tem como prioridade a conclusão do projeto que aumentará de um modo significativo o número de colisões por unidade de tempo no Large Hadron Collider (LHC), o acelerador mais potente do Laboratório Europeu.

Recomendadas

Explorer atribui bolsas de mérito a estudantes da Nova SBE. Vai doar 10% do lucro a programas de educação

A parceria surge no âmbito da política de investimento responsável da Explorer Investments, que vai doar anualmente 10 % do seu lucro para apoiar programas de educação e que tem por base o mérito e a excelência.

Pedro Braga lidera Sogevinus Fine Wines duas décadas depois de ter ingressado no grupo

Iniciou o percurso profissional na Porto Calém em 2000 e sete anos depois tornou-se COO – Chief Operations Officer do grupo Sogevinus. O “percurso profissional exemplar” é agora reconhecido pelos acionistas com o cargo de CEO.

Worten cria laboratório de logística no campus do Taguspark do Técnico

A parceria centra-se na área da gestão industrial e de logística, que ainda não tinha sido explorada pela rede de parceiros do Técnico e prevê o desenvolvimento de várias iniciativas conjuntas, entre as quais o laboratório de logística.
Comentários