Emigrantes investem 100 milhões de euros em novos projetos em Portugal

A região Norte e Grande Lisboa são as zonas onde se registou o maior volume de novos projetos, sendo o turismo uma das principais áreas de investimento.

Os empresários portugueses e lusodescendentes residentes em diferentes países apostaram cerca de 100 milhões de euros em Portugal nos últimos dois anos. A região Norte e Grande Lisboa são as zonas onde se registou o maior volume de novos projetos, sendo o turismo uma das principais áreas de investimento, avança o ‘Jornal de Notícias’.

Dados da secretaria de Estado das Comunidades mostram que o projetos em que os emigrantes mais investem localizam-se no Porto, Lisboa, Leiria, Viana do Castelo, Aveiro, Guarda e Setúbal. São sobretudo investimentos em áreas como o turismo, onde os emigrantes desempenham um papel importante em “passar a palavra” na valorização do país como destino turístico.

Portugal é também o país com o maior saldo entre os estados-membros da União Europeia (UE) de verbas provenientes de pessoas residentes fora do país, segundo o Eurostat. O ano passado, Portugal registou a maior fatia de remessas de emigrantes em toda a Europa. Ao todo foi transferidos para o país um total de 3.343 milhões de euros, seguindo-se a Polónia (3.014), o Reino Unido (2.454) e a Roménia (2.449 mil milhões de euros).

Recomendadas

ONG dá “voto de desconfiança” a comissão de acompanhamento em obstétrica

O Observatório de Violência Obstétrica (OVO) deu hoje um “voto de desconfiança” à Comissão de Acompanhamento da Resposta em Urgência de Ginecologia, Obstetrícia e Bloco de Partos, tendo criticado a sua composição.

Susana Coroado: “Há uma tolerância dos portugueses para com o conceito de ‘rouba mas faz'”

Políticos escondidos atrás da lei sem conseguir construir pontes de confiança com os cidadãos e eleitores com um alto grau de tolerância ao conceito de “rouba mas faz”. Susana Coroado, uma das coordenadoras do estudo “Ética e integridade na política”, da Fundação Francisco Manuel dos Santos, explica nesta “Fast Talk” as principais conclusões apuradas de inquéritos a políticos e eleitores.

Maternidade Alfredo da Costa assinala 90 anos com mais de 600 mil partos

Mais de 600 mil crianças nasceram na Maternidade Alfredo da Costa (MAC), em Lisboa, ao longo dos seus 90 anos, que hoje se assinalam, e as grávidas estrangeiras já representam 32% dos partos realizados atualmente.
Comentários