Emiliano Sala. Cardiff pede indemnização de 95 milhões ao Nantes

Em causa está a queda da aeronave que transportava o futebolista Emiliano Sala de Nantes para Cardiff, para completar a transferência do argentino para Inglaterra. O clube britânico alega que o Nantes deve ser responsabilizado pela tragédia e pede por isso uma compensação que entende ser justa.

Emiliano Sala a assinar pelo Cardiff City FC

Em janeiro de 2019, o Nantes acordou a venda do passe do atleta Emiliano Sala para o Cardiff City, que militava na Liga Inglesa. Para a operação ser concluída, o agente do atleta, Willie McKay organizou a viagem em nome do clube francês. O internacional argentino embarcou numa aeronave com destino à cidade de Cardiff e acabaria por nunca sair com vida.

O avião desapareceu dos radares quando após levantar voo e as buscas acabariam por encontrar os destroços no Oceano Atlântico, perto do Canal da Mancha, sendo confirmada a morte de Emiliano Sala.

O Cardiff acabaria por terminar a temporada na 18ª posição da Liga, sendo por isso despromovido para o Championship, o segundo escalão do futebol britânico. Agora, o clube pede uma indemnização no valor de 80 milhões de libras (95 milhões de euros) da parte do Nantes. De acordo com “The Sun“, o clube galês entende que as responsabilidades devem ser atribuídas ao clube em que Emiliano Sala jogava desde 2015.

Nesta medida, o Cardiff entende que, por ter sido relegado para a segunda liga, terá perdido receitas relacionadas com direitos televisivos, publicidade e patrocínios, num valor que o próprio clube avalia nos tais 80 milhões de libras.

Os britânicos fizeram a alegação numa audição que teve lugar no Tribunal Arbitral do Desporto (CAS). Aquele órgão está a avaliar se o Cardiff deve pagar ao Nantes os 15 milhões de libras (17,8 milhões de euros) que os dois clubes acordaram ser o valor da transferência do jogador, antes de este perder a vida.

Recomendadas

Choque em Madrid: Mbappé fica no PSG

Depois de Haaland, Florentino Perez falha a contratação de outro galáctico.

Diogo Jota vai render mais dinheiro ao Wolves se o Liverpool for campeão

Diogo Jota mudou-se para os ‘reds’ em 2020, a troco de 45 milhões de euros. Um valor que pode aumentar, consoante as performances do atleta e os resultados do Liverpool.

Futuro de Mbappé. “Ofertas de PSG e Real são quase idênticas”, diz a mãe

Continua a ser incerto o clube onde o avançado vai jogar na próxima temporada. O contrato termina no final em junho e em cima da mesa está uma proposta de renovação e uma oferta de contrato que chegou de Madrid.
Comentários