Emissões de poluentes pela economia da UE atingiram 905 milhões de toneladas no segundo trimestre

As emissões de gases com efeito de estufa (GEE) pelo sector da economia da União Europeia (UE) atingiram, no segundo trimestre do ano, 905 milhões de toneladas, mais 3% do que no período homólogo, segundo o Eurostat.

De acordo com os dados do serviço estatístico da UE, entre abril e junho, os sectores responsáveis pelas maiores emissões de GEE foram o da produção (23%), eletricidade e fornecimento de gás (19%), agregados familiares (17%), transporte e armazenamento (14%) e agricultura (13%).

O Eurostat estima que esta subida se relaciona com o efeito de recuperação económica, extrapolada do crescimento do Produto Interno Bruto, após a forte quebra na atividade causada pela pandemia da covid-19.

A covid-19, causada pelo vírus SARS-Cov-2, provocou uma grave crise sanitária e económica e sanitária em todo o mundo, tendo chegado à Europa no início de 2020.

Recomendadas

Humanidade só se salva se defender o planeta Terra e a biodiversidade- Guterres

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, afirmou hoje que a única saída para salvar a Humanidade é “investir no planeta Terra” e deter a perda de biodiversidade.

Associação Zero: Legislação de proteção dos solos está “na gaveta” há sete anos

De acordo com a nota de imprensa, um estudo da Agência Portuguesa do Ambiente, de 2017, concluiu que o país “ganharia cerca de 25 milhões de euros em seis anos, em resultado da publicação do ProSolos, aos quais se acrescentariam ganhos ambientais e na saúde pública”.

Guia para gestão de Áreas Marinhas Protegidas quer ser “ferramenta útil”, afirma investigador

O “Guia de Boas Práticas para a Gestão e Monitorização de Áreas Marinhas Protegidas”, apresentado hoje, pretende ser “uma ferramenta útil” e simples para as pessoas que trabalham na área, disse um dos autores do documento à agência Lusa.
Comentários