Empreendedores apresentaram soluções inovadoras na área de saúde

A portuguesa R-nuucell, spin-off da Faculdade de Ciências, Universidade de Lisboa, que desenvolve novos medicamentos para a terapia dirigida ao cancro da mama triplo negativo integrou o grupo de 20 startups que se apresentaram aos investidores na CUF Tejo, em Lisboa.

A portuguesa R-nuucell, spin-off da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa foi uma startups que, esta quarta-feira, se apresentou a investidores no Auditório do Hospital CUF Tejo, no âmbito do EIC x CUF Investor Day on Healthcare.

A empresa, constituída em fevereiro de 2021, em plena pandemia Covid-19 por Maria Helena Garcia e Andreia Valente, professoras do Departamento de Química e Bioquímica e investigadoras do Centro de Química Estrutural da Ciências ULisboa, desenvolve novos medicamentos para a terapia dirigida ao cancro da03– o tipo de cancro com pior prognóstico entre os cancros da mama metastático, especialmente por ainda não ter sido encontrado nenhum tratamento eficaz e específico. Nestes casos, as doentes são tratadas com medicamentos usados para combater outros cancros, com resultados pouco significativos.

No EIC x CUF Investor Day on Healthcare participaram 20 investidores internacionais e 20 startups financiadas pelo European Innovation Council (EIC) e previamente selecionadas, oriundas de três áreas. Na área da Biotech & Pharmaceuticals pontificaram: Faron Pharmaceuticals, Hoba Therapeutics, Ilya Pharma, Omnix Medical, PROTEIN ALTERNATIVES SL, R-nuucell, Medtech e E-health. Área de Medtech contou com a participação da AURIMOD GmbH, BOYDSense, BrainCapture, GrOwnValve GmbH, Ligence, Medicsen, NVision Imaging Technology GmbH e Plasmacure
Sensius. Por fim, a área de  E-Health esteve representada pela Altratech Ltd, BioXplor, Cogvis GmbH, Digipharm e Onalabs Inno-Hub.

As startups europeias tiveram a oportunidade de apresentar tecnologias e soluções inovadoras aos principais investidores europeus do sector da saúde, em três sessões temáticas de pitching e, posteriormente, em reuniões one-to-one. O programa incluiu, igualmente, atividades de networking entre os vários participantes convidados.

O “Dia do Investidor na área da Saúde”  foi promovido pelo European Innovation Council, o principal programa de inovação da Europa para identificar, desenvolver e ampliar tecnologias e inovações revolucionárias – em parceria com a CUF – empresa de prestação de cuidados de saúde e teve como objetivo aproximar investidores e startups, promovendo networking e potenciais financiamentos a projetos inovadores na área da saúde.

Recomendadas

Atividades do sector privado da saúde somaram 22 mil milhões de euros em 2021

Encomendado à Informa/D&B pelo Conselho Estratégico Nacional de Saúde (CENS) da CIP – Confederação Empresarial de Portugal, o trabalho – a que a agência Lusa teve acesso – caracteriza o setor privado da saúde em Portugal com base na Informação Empresarial Simplificada (IES) de 2021, atualizando um estudo anterior elaborado com base nas IES2019.

Covid-19 chamou a atenção das pessoas para a importância das infeções

Os dados do inquérito indicam ainda que as mulheres são as que mais identificam as infeções bacterianas como as que devem ser tratadas por antibióticos (60% vs. 40% dos homens).

Baixas até três dias podem vir a ser emitidas pelo SNS24

A alteração vai ser proposta na quarta-feira, com o grupo parlamentar a quer adicionar o “serviço digital do SNS” como prova de doença.
Comentários