Tem empregada doméstica? Termina hoje prazo para declarar ao fisco rendimentos pagos

Se contratou uma empregada doméstica, saiba que termina nesta terça-feira, 31 de Janeiro, o prazo para entregar a declaração dos montantes pagos pelo serviço prestado.

As empresas e os contribuintes da categoria B de IRS (rendimentos profissionais e empresariais) têm até hoje, 31 de janeiro, para entregar a declaração Modelo 10 referente aos rendimentos anuais de empregadas domésticas que não tenham sido declarados mensalmente. Quem entregar a declaração fora deste prazo arrisca a coimas entre 150 euros e 3.750 euros.

Em 2016, a declaração modelo 10 passou a ter como prazo de entrega o final do mês de janeiro, anteriormente era até ao final do mês de fevereiro de cada ano civil. Mas no ano passado, como o último dia de janeiro não foi um dia útil, o mesmo [prazo de entrega] estendeU-se para o primeiro dia útil seguinte, ou seja, 1 de fevereiro.

Na modelo 10 deverão ser inscritos, obrigação declarativa os rendimentos que pagaram ou colocaram à disposição e as retenções que efetuaram, numa obrigação declarativa que abrange os sujeitos passivos de IRC e os sujeitos passivos de IRS titulares de rendimentos empresariais ou profissionais, com ou sem contabilidade organizada.

Para estes contribuintes é obrigatória a entrega da Declaração modelo 10 pela Internet.

Os particulares que em vez de uma empregada de limpeza utilizam os serviços de uma empresa deste setor não têm de entregar o referido Modelo 10 porque neste caso, estão a pagar uma prestação de serviços e não um salário de trabalho dependente

Relacionadas

Senhorios têm até hoje para comunicar rendas ao fisco

Proprietários de imóveis arrendados que não tenham emitido recibos electrónicos terão de entregar a sua declaração anual ao fisco até hoje, 31 de janeiro. Associações queixam-se “problemas” na entrega da modelo 44.
Recomendadas

Prestação da casa sobe entre 108 e 251 euros em dezembro

A prestação da casa paga pelos clientes bancários no crédito à habitação vai subir acentuadamente este mês nos contratos indexados à Euribor a três, seis e 12 meses, face às últimas revisões, segundo a simulação da Deco/Dinheiro&Direitos.

Compras das festividades aconteceram mais cedo e serão maiores este ano, segundo a Meta

Alguns dos motivos que podem explicar este acontecimento é o facto de os consumidores estarem preocupados com a escassez de bens, antecipando a compra dos presentes desejados, enquanto as empresas com excesso de stock procuraram eliminá-lo com grandes descontos.

Ex-ministro das Finanças do Luxemburgo Pierre Gramegna lidera MEE a partir de hoje

Numa reunião realizada à distância na passada sexta-feira, o Conselho de Governadores do MEE, que junta os 19 ministros das Finanças da moeda única, decidiu nomear o luxemburguês Pierre Gramegna para o cargo de diretor executivo do fundo de resgate da zona euro.
Comentários