Empregado salvou Tesla de ataque de ‘ransomware’

Um empregado da fábrica de baterias da Tesla salvou a empresa de um ataque de ransomware e do pagamento de um resgate.

Tesla Gigafactory

No início desta semana, o FBI deteve um cidadão russo de 27 anos, suspeito de um ataque da ransomware contra uma empresa americana. Segundo o site Electrek, essa empresa foi a fabricante de automóveis eléctricos Tesla.

De acordo com a queixa, partilhada pelo Departamento de Justiça dos Estados Unidos, em Julho, Egor Igorevich Kriuchkov chegou aos EUA e entrou em contacto com um trabalhador da fabrica de baterias e motores Tesla Gigafactory no estado do Nevada. Durante um encontro entre os dois homens, Kriuchkov fez uma proposta ao trabalhador da Tesla: a troco de um milhão de dólares, o trabalhador infectaria os sistemas informáticos da Gigafactory com malware.

Segundo o FBI, a intenção seria o roubo de informações confidenciais da empresa e exigir um pagamento à Tesla, sob pena de as informações serem divulgadas.

O empregado informou a empresa e a Tesla entrou em contacto com o FBI, que montou uma operação para apanhar o suspeito. Kriuchkov foi detido em Los Angeles ao tentar fugir dos Estados Unidos.

Segundo o site Electrek, durante a operação de captura de Kriuchkov, o FBI conseguiu obter informações acerca de outras operações levadas a cabo pelos seus cúmplices.

A agência não confirmou os nomes da vítimas, mas sabe-se que foi levado a cabo um ataque semelhante contra o CWT Group em Julho deste ano. A empresa acabou por pagar 4,5 milhões de dólares para resgatar as suas informações.

No início deste mês, a empresa de cruzeiros Carnival e a fabricante de dispositivos GPS Garmin, revelaram que sofreram ataques de ransomware. Outra empresa, a Travelex, pagou 2,3 milhões de dólares de resgate e os serviços de algumas cidades norte americanas, Atlanta, Baltimore e Nova Orleães também foram vítimas de ataques deste tipo.

PCGuia
Recomendadas

Grupo SATA integra projeto Cluster Grace Açores

Associados e membros do cluster partilham boas-práticas e desenvolvem sinergias com o objetivo de colocar os temas da Agenda 2030, 2050 e ESG (Environmental, Sustainability and Governance) como prioritários nas agendas das empresas.

Binter e Embrar fecham compra de cinco novas aeronaves por mais de 369 milhões de euros

As duas primeiras unidades estão previstas para chegar às Ilhas Canárias em novembro de 2023.

Manuel Champalimaud compra à Novares a área de injeção de plásticos para a indústria automóvel

A aquisição visa reforçar posição do Grupo Champalimaud no sector dos componentes de plástico decorativo e de interface para a indústria automóvel.
Comentários