Empresário paga 8 milhões de euros por matrícula para o carro

A compra de matrículas raras nos Emirados Árabes Unidos é um mercado crescente. Muitas delas chegam a custar mais do que os próprios veículos de luxo.

Há excêntricos para tudo e Balwinder Sahni é um deles. Empresário no ramo imobiliário, Balwinder Sahni terá pago 33 milhões de dirhams, algo como 8 milhões de euros, por uma placa de matrícula com o número 5 para o seu Rolls-Royce num leilão governamental.

Esta não é a primeira vez que o indiano, a residir no Dubai, arremata uma placa de matrícula por uma quantia milionária. Segundo a CNN, para conseguir a placa com o número 9 para um outro Rolls-Royce, o multimilionário terá pago cerca de 6 milhões de euros no ano passado (25 milhões de dirhams).

“Adoro colecionar placas de matrícula únicas e estou orgulhoso de a ter conseguido”, disse Sahani ao jornal Gulf News. A compra é para Balwinder Sahni uma forma de beneficência, já que no Dubai não existem impostos diretos sobre lucros empresariais ou rendimento pessoal, e com estes investimentos em leilões de caridade, o indiano pode “retribuir a uma cidade que me tem dado tanto”.

O empresário diz mesmo que teria comprado a matrícula caso a licitação chegasse aos “50 ou mesmo 100 milhões” de dirhams.

 

 

As matrículas com um único dígito são uma preciosidade no Dubai. A venda de matrículas raras que, muitas vezes, chegam a custar mais do que os automóveis de luxo a que se destinam, já alimenta um mercado sem precedentes nos Emirados Árabes Unidos. Em 2008, um outro empresário gastou mais de 13 milhões de euros na compra de uma matrícula com o número 1.

Recomendadas

Ex-governante dos EUA Mike Pompeo diz que acabou era da “cooperação cega” com China

“Se queremos um século XXI livre, não o século chinês, aquele com que [o Presidente da China] Xi Jinping sonha, o velho paradigma da cooperação cega deve acabar”, afirmou, num fórum económico em Kaohsiung.

União Europeia e NATO concordam emitir nova declaração conjunta

Num encontro mantido ontem, Ursula von der Leyen e Jens Stoltenberg falaram sobre a agressão russa contra a Ucrânia e sobre o aumento do apoio a este país, para além da cooperação entre Bruxelas e a aliança atlântica, de acordo com o que partilharam nas suas redes sociais.

Irão: Guarda Revolucionária ataca grupos curdos no Iraque

A poderosa Guarda Revolucionária do Irão desencadeou hoje uma onda de ataques com ‘drones’ e artilharia no norte do Iraque, visando o que Teerão diz serem bases de separatistas curdos iranianos, indicou agência noticiosa semioficial Tasnim.
Comentários