Energia e telecomunicações dão ganhos a Lisboa

PSI20 regressou aos ganhos depois de ontem ter fechado a sessão no vermelho. Títulos dos CTT são os que mais sobem, num índice impulsionado pelas valorizações da Nos e família EDP.

Reuters

A praça lisboeta abriu em terreno positivo e segue a ganhar 0,52% para os 4.622,05 pontos, enquanto os principais índices avançam neste momento sem tendência definida. A liderar os ganhos em Lisboa estão os CTT que valorizam 3% depois de ontem ter comunicado ao mercado que comprou a totalidade do capital da Transporta por 1,5 milhões de euros e um outro para a venda da antiga sede dos correios nacionais por um montante de 25 milhões de euros.

Também a Nos avança 1,32%, após ter sido noticiado que a empresa perdeu a primeira ronda do processo que avançou contra a Portugal Telecom (PT), agora Meo, para ressarcimento das perdas por práticas anticoncorrenciais na banda larga.

No setor bancário, o BPI avança 0,18%, enquanto o BCP cede 0,27% e o Montepio ganha 0,44%. O banco liderado por Fernando Ulrich anunciou ontem, 15 de Dezembro, a confirmação da transferência para Portugal dos dividendos do BFA relativos ao exercício de 2014 foi autorizada pelo Banco Nacional de Angola. O montante em causa é de 29,2 milhões de euros.

No sector energético, destaque para a família EDP. A eléctrica liderada por António Mexia sobe 0,77%, enquanto a Renováveis escala 0,96%. Já a Galp sobe uns ligeiros 0,07%, numa altura em que o preço do barril de Brent, que serve de referência às importações portuguesas, avança 0,31% para os 54,19 dólares.

Na Europa, o alemão Dax e o italiano Mib escapam às perdas, com ganhos em torno dos 0,19% e 0,62%, respetivamente. Ontem ficou a saber-se que no Reino Unido, o Banco de Inglaterra manteve os juros nos 0,25%, um dia depois da Reserva Federal (Fed) dos Estados Unidos elevar o preço do dinheiro em um quarto de ponto e anunciar a intenção de realizar outras três subidas de juros em 2017.

Depois de Wall Street ter fechado a sessão com ganhos moderados, também os índices asiáticos encerraram no verde.

Recomendadas

Wall Street fecha a perder, com Nasdaq e S&P 500 a tombar mais de 2%

A nível empresarial, destaque para a queda da Apple de quase 5% depois do Bank of America baixar a empresa de Neutral para Buy, citando preocupações com uma desaceleração nos gastos do consumidor.

PSI fecha no ‘vermelho’. Jerónimo Martins perde mais de 6%

Houve apenas duas cotadas a terminarem a sessão em terreno positivo. Os CTT fecharam a valorizar 3,82% para os 2,72 euros e a Galp cresceu 0,44%, com as suas ações nos 9,63 euros. No mercado cambial, o euro está a ter uma valorização de 0,46% face ao dólar, para os 0,9779 euros.

Wall Street arranca ‘mista’ numa Europa mergulhada no ‘vermelho’

A a Amazon está em destaque, após anunciar um aumento do salário médio dos trabalhadores de armazém, bem como os trabalhadores de entregas. O anúncio antecede em duas semanas o segundo evento de ofertas Prime Day da Amazon, marcado para 11 e 12 de outubro, evento que provocou uma crescente pressão sindical sobre a empresa.
Comentários