Erdogan convida Trump a visitar Turquia em 2019

O anúncio surge dias depois da decisão de retiradas das tropas dos Estados Unidos da Síria.

O presidente da Turquia, Recep Tayvip Erdogan, convidou Donald Trump, presidente norte-americano, a visitar o país em 2019, poucos dias depois de anunciar a retirada das tropas dos Estados Unidos da Síria.

“O Presidente Erdogan convidou o Presidente Trump a visitar a Turquia em 2019. Embora nada definitivo esteja a ser planeado, o Presidente [Trump] está aberto a uma potencial reunião no futuro”, disse na segunda-feira o porta-voz do executivo norte-americano, Hogan Gidley.

Os dois líderes falaram ao telefone no domingo, uma conversa que Donald Trump descreveu como “longa e produtiva”.

“Acabo de ter uma longa e produtiva conversa telefónica” com Erdogan, escreveu Trump na rede social Twitter, acrescentando ter falado do grupo extremista Estado Islâmico, do envolvimento de ambos os países na Síria e “da lenta e altamente coordenada retirada de tropas dos Estados Unidos”.

Donald Trump anunciou na quarta-feira que ia ordenar a retirada dos cerca de dois mil militares destacados na Síria, que combatem ao lado da coligação árabe-curda, as Forças Democráticas Sírias (FDS), contra o grupo extremista Estado Islâmico.

Recomendadas

Primeira-ministra da Finlândia lamenta atrasos na ratificação da entrada do país e da Suécia na NATO

“O processo está a demorar mais do que gostaríamos. Já deveríamos ter sido aceites e o processo de ratificação deveria estar concluído”, disse Sanna Marin numa entrevista na rádio pública finlandesa, citada pela agência EFE.

Pelo menos 11 mortos em deslizamento de terras nos Camarões

De acordo com a agência France-Presse (AFP), ao início da noite, quatro corpos, cobertos por lençóis brancos, foram retirados pela polícia no bairro de Damas, na periferia de Iaundé. No local, relata um jornalista da AFP, estavam hoje à noite centenas de moradores em pânico, à procura de familiares e amigos, e equipas de resgate a tentar chegar ao local do acidente.

Cabo Verde quer reforçar combate à pobreza com aumento de 25% da taxa turística

Governo liderado por Ulisses Correia e Silva prevê arrecadar 8,6 milhões de euros com o aumento da taxa, que serão canalizados para o fundo de financiamento Programa Mais, Mobilização pela Aceleração da Inclusão Social, concebido para apoiar projetos de combate à pobreza extrema e exclusão social, segundo a Forbes África Lusófona.
Comentários