Escalada de conflito no divórcio litigioso entre Johnny Depp e Amber Heard

A atriz acusa Johnny Depp de ter apagado um cigarro no seu corpo. “Vai apagar a merda dos teus cigarros noutra pessoa”, diz Amber Heard numa gravação escutada em tribunal. Por sua vez, Johnny Depp está a processar Amber Heard por difamação e acusa a ex-mulher de ter defecado na cama do casal. 

Johnny Depp está a processar a ex-mulher Amber Heard por difamação, num julgamento que se está a tornar hiper mediático, até porque tem sido transmitido em direto.

O ator pede uma indemnização de 46 milhões de euros pelo artigo de opinião que Heard assinou no jornal “The Washington Post” em 2018.

No texto, a atriz relata as suas alegadas experiências enquanto vítima de violência doméstica. Apesar de nunca mencionar o nome de Depp, os advogados do ator dizem ser claro que as acusações se referem ao ex-marido e que isso tem afetado a sua reputação e carreira.

Antes do artigo, Amber Heard já tinha acusado publicamente Johnny Depp de a ter agredido e estrangulado.

Johnny Depp concluiu o seu testemunho, ontem, 25 de abri, no caso de difamação que apresentou contra a ex-mulher, dizendo que foi vítima de violência doméstica na sua relação e que estava “destruído” no final do casamento.

“As tuas ações têm consequências!”

O quarto dia de Depp no banco das testemunhas num tribunal da Virgínia terminou com os seus advogados a reproduzirem a gravação de uma conversa que aconteceu depois de Heard ter obtido uma ordem de restrição contra o ator em 2016.

Ontem, 25 de abril, Amber Heard deu a entender — através de uma gravação de som que foi escutada em tribunal — que Johnny Depp apagou um cigarro no seu corpo. “Vai apagar a merda dos teus cigarros noutra pessoa”, diz Amber Heard na gravação. “As tuas ações têm consequências!”, acrescentou.

Johnny Depp negou a alegação, dizendo que se trata de “outro momento de grosseiro exagero”. O ator garante que não apagou qualquer cigarro em Amber Heard, mas admitiu que pode ter projetado cinzas na sua direção.

Por sua vez, o ator acusa a ex-mulher de ter defecado na cama do casal.

 

 

Recomendadas

PremiumFim do protocolo com a Coleção Berardo não é prejudicial à banca

A denúncia do contrato, anunciada pelo Ministério da Cultura, vai entrar em vigor em janeiro de 2023. Mas, segundo apurou o JE, a banca considera que esta decisão do Governo não lhe é prejudicial.

Livro: “O Odor da Índia”

Em 1961, Pier Paolo Pasolini visita a Índia. Não está só. Acompanha Alberto Moravia e a sua mulher, a também escritora Elsa Morante. Deixou-se arrebatar pelas emoções intensas que viveu neste país marcadamente sensorial e plasmou tudo neste diário de viagem.

Deixe-se encantar pela Terceira, a ilha lilás

O que torna a Terceira tão especial é o magnífico contraste entre a beleza natural desta ilha vulcânica e a arquitetura do centro histórico de Angra do Heroísmo. Se está a pensar visitá-la, saiba que o Terceira Mar Hotel tem, no dia 29, uma campanha promocional, por ocasião do seu 19º aniversário.
Comentários