Escasseiam as palavras ditas entre empregadores e empregados

Consultora QSP revela as novas formas de comunicação

Para preparar os temas a debate na edição deste ano da QSP Summit, 200 gestores nacionais foram alvo de um inquérito para determinar, entre outras, a forma como comunicam com os seus funcionários.

Já pouco nos surpreende, até porque a chamada era da tecnologia veio alterar todos os hábitos de comunicação, tanto na relações pessoais como nas relações laborais.

No entanto, no segundo caso, levantam-se algumas questões quanto aos benefícios das tecnologias. Ninguém disputa da rapidez e eficácia que os meios disponíveis hoje em dia proporcionam mas, até que ponto caberão num email as emoções humanas?

A mensagem até passou a ter corpo, só lhe falta a expressão, por mais exclamações ou reticências.

Segundo a QSP, 98% dos gestores utiliza o email para comunicar com os seus funcionários. Outras plataformas de messaging alcançam os 58% e o telemóvel já detém 50% de utilização nas “conversas” laborais.

Muitos gestores portugueses, utilizadores destas ferramentas, sentem-se próximos dos seus colaboradores mas acreditam que os verdadeiros desafios, preocupações e emoções, ficam de fora nesta troca frenética de mensagens escritas.

Apesar de poucas, há pelo menos uma situação em que se dá uma descanso aos gadgets. 88% dos gestores inquiridos revelou que prefere comunicar presencialmente as decisões importantes para a empresa.

O desenvolvimento tecnológico, vestido de faca de dois gumes, será um dos temas do simpósio dedicado aos desafios que os gestores enfrentam.

“The Challenge” é precisamente o mote do QSP Summit que terá lugar a 22 de março na Exponor.

 

 

Este conteúdo patrocinado foi produzido em colaboração com a QSP Summit.

Recomendadas

UGT quer atualização salarial de 7,5% em 2023 e salário mínimo nos 765 euros

A UGT propõe aumentos salariais de 7,5% em 2023 para os setores público e privado, com um mínimo de 60 euros por trabalhador, e uma atualização do salário mínimo para 765 euros, segundo a política reivindicativa hoje aprovada.

AHRESP propõe 25 medidas para o OE 2023 para reduzir impacto da inflação

O cenário do próximo ano é “muito pessimista para o tecido empresarial”, pelo que são necessárias medidas de apoio às empresas e famílias, de acordo com a Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quinta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quinta-feira.
Comentários