Espanha suspende voos provenientes do Reino Unido de forma concertada com Portugal

O primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, acaba de ter uma conversa “sobre estas decisões comuns” com o seu homólogo, o primeiro-ministro português, António Costa.

O governo espanhol anunciou esta segunda-feira que decidiu, de forma coordenada com Portugal, suspender os voos vindos do Reino Unido a partir de terça-feira, exceto para os cidadãos espanhóis ou residentes neste país.

“O Governo espanhol decidiu, de forma concertada com Portugal, a suspensão dos voos procedentes do Reino Unido a partir de amanhã [terça-feira], exceto para os cidadãos espanhóis ou residentes” em Espanha, de acordo com um comunicado de imprensa enviado à Lusa em Madrid.

De acordo com a mesma nota, o primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, acaba de ter uma conversa “sobre estas decisões comuns” com o seu homólogo, o primeiro-ministro português, António Costa.

Covid-19: Espanha finaliza planos para o Natal. Itália anuncia novos confinamentos

Relacionadas

Reino Unido. Portugueses e residentes que viajem sem teste podem fazer exame à chegada a Portugal

Para evitar que fiquem impedidos de viajar, os portugueses e residentes no país que embarquem desde o Reino Unido sem teste à Covid-19, vão realizar o teste à chegada aos aeroportos nacionais.

Covid-19: viajantes com proveniência do Reino Unido obrigados a dupla testagem se não tiverem teste negativo à chegada à Madeira

Estes passageiros ficam sujeitos a um segundo teste ao coronavírus entre o quinto e o sétimo dia após a realização do primeiro teste.
Recomendadas

Proposta do Chega para criar comissão de inquérito à gestão da pandemia será chumbada (com áudio)

Instrumentalização e banalização de comissões parlamentares de inquérito, esbanjamento de recursos, descredibilização de consensos e criação de ‘soundbite’ são as acusações dirigidas por PS, PAN e Livre ao Chega. Desde o início da legislatura, o partido já propôs cinco comissões parlamentares de inquérito, todas rejeitadas. O dia de hoje contribuirá para a tendência.

Pequim admite que Ómicron é menos virulenta e sugere fim de ‘zero covid’

A vice-primeira-ministra chinesa encarregue de supervisionar as políticas de prevenção epidémica reconheceu hoje que o país se encontra numa “situação nova” e que a virulência da covid-19 “está a enfraquecer”, sinalizando o fim da estratégia ‘zero casos’.

Covid-19: “Casa aberta” disponível para vacinação de pessoas acima dos 60 anos

As pessoas com 60 ou mais anos podem, a partir de hoje, tomar a dose de reforço da vacina contra a covid-19 e a vacina da gripe na modalidade de “casa aberta”.
Comentários