Espanhóis querem investir 2 milhões numa fábrica em Beja

Uma empresa espanhola pretende investir cerca de dois milhões de euros na construção de uma fábrica de produção de fertilizantes em Beja, prevendo criar pelo menos 12 postos de trabalho diretos, anunciou hoje o município. A Câmara de Beja assinou hoje com a empresa Abonos Jiménez, SL, com sede social na região espanhola de Córdoba, […]

Uma empresa espanhola pretende investir cerca de dois milhões de euros na construção de uma fábrica de produção de fertilizantes em Beja, prevendo criar pelo menos 12 postos de trabalho diretos, anunciou hoje o município.

A Câmara de Beja assinou hoje com a empresa Abonos Jiménez, SL, com sede social na região espanhola de Córdoba, um protocolo para cedência de um lote de terreno no Parque Industrial da cidade, com vista à concretização do projeto.

Contactada pela agência Lusa, fonte do município explicou que os investidores espanhóis, que já constituíram uma empresa em Portugal para avançar com o projeto, ainda vão apresentar uma candidatura aos fundos comunitários.

“Não há prazos para início das obras ou para o arranque da atividade da fábrica, porque a empresa ainda vai candidatar-se aos fundos comunitários, mas este terreno cedido pela câmara dá mais sustentabilidade ao projeto”, disse à Lusa a mesma fonte da autarquia.

O terreno que a câmara se comprometeu a ceder tem aproximadamente 17 mil metros quadrados.

O valor global do investimento é na ordem dos dois milhões de euros, segundo a autarquia, e a empresa investidora compromete-se, “em condições normais de operação económica e de acordo com o projeto, a assegurar no mínimo a criação direta de 12 postos de trabalho”.

Nessas contratações, realçou também o município, a preferência vai ser dada aos recursos humanos locais, assumindo ainda a empresa a responsabilidade do “desenvolvimento de competências técnicas e tecnológicas” desses trabalhadores, no âmbito do funcionamento da fábrica.

“Prevê-se ainda a criação de cerca de 20 postos de trabalho indiretos, resultantes do impacto [do projeto] ao nível da logística e manutenção industrial”, acrescentou a autarquia.

OJE/Lusa

Recomendadas

Medida do IVA 0% nos bens essenciais, em destaque nos jornais espanhóis

O “El País” nota que as notícias do fim do IVA em produtos básicos e aumento do salário dos trabalhadores da Função Pública chegaram no mesmo dia em que o INE confirmou que o défice se situou em 0,4% do PIB.

Crise da Inflação: Subida na isenção de IRS no subsídio de refeição dá alívio fiscal de 132 milhões de euros no privado

A subida do subsídio de refeição da função pública para seis euros, a partir de abril, vai fazer avançar para este valor a isenção de IRS deste tipo de subsídio pago em dinheiro.

Crise da Inflação: Presidente do Governo dos Açores diz que medidas não devem “excluir” a região

O presidente do Governo açoriano referiu que tem vindo a alertar para esta necessidade nas reuniões do Conselho de Estado e no diálogo que mantém com o primeiro-ministro, António Costa.