Espanhola Demium lança programa de aceleração. Startups podem receber 100 mil euros

As inscrições estão abertas até ao próximo dia 23 de janeiro para todos os empreendedores países europeus, desde que cumpram os três seguintes requisitos: ter uma equipa de cofundadores, ter desenvolvido uma solução inovadora de base tecnológica e ter uma empresa juridicamente constituída.

A empresa espanhola Demium lançou esta terça-feira o seu novo programa de aceleração de startups em fase inicial. A incubadora de Valência, que tem presença em Lisboa, pretende aumentar a tração destas empresas early-stage e ajudar a que consigam a primeira ronda de investimento de pelo menos 100 mil euros em quatro meses.

As inscrições para este programa, que acontecerá nas sedes de Portugal e Espanha em formato híbrido, estão abertas até ao próximo dia 23 de janeiro para todos os empreendedores países europeus, desde que cumpram os três seguintes requisitos: ter uma equipa de cofundadores (pelo menos duas pessoas), ter desenvolvido uma solução inovadora de base tecnológica e ter uma empresa juridicamente constituída.

“Todos os projetos candidatos vão passar por uma fase de preparação prévia, antes de serem apresentados ao comité de seleção. Depois, este ficará encarregue de selecionar aqueles que devem iniciar o programa de aceleração, com início previsto para o mês de fevereiro”, explica a organização.

Os escolhidos para entrar neste novo projeto da Demium vão receber logo um investimento de 25 mil euros em convertible notes (títulos de dívida conversíveis em participação societária) do fundo de investimento da empresa, mesmo que não sejam finalistas. Entretanto, terão dez semanas de trabalho nas quais contarão com o acompanhamento de mentores especializados em marketing, growth hacking, produto e vendas.

A seguir, as startups apresentar-se-ão ao comité de investimento do fundo da Demium e se impressionarem os “jurados” recebem um financiamento de 100 mil euros, tornando-se nas primeiras nas quais a empresa – que tem espaços em Lisboa, Madrid, Barcelona, Valência e Málaga – investe através do fundo de 30 milhões de euros.

“O nosso programa tradicional de incubação trabalha com empreendedores «pré-ideia» e «pré-equipa», ajudando-os a encontrar cofundadores, a validar a sua ideia de negócio e a lançá-la no mercado. Lançamos agora este novo programa de aceleração porque encontramos startups já criadas em early stage às quais também podemos ajudar a preparar-se, procurar financiamento e a escalar”, clarifica o CEO da Demium, Monte Davis.

“Somos testemunhas de que existe muito talento em Portugal. Acreditamos que esse potencial poderá ser ainda mais bem aproveitado e orientado, que poderá levar ainda mais startups portuguesas a conseguir reconhecimento global”, afirma, por sua vez, Diogo Patão, diretor de programas da Demium, em comunicado divulgado aos meios de comunicação social.

A Demium está em Portugal desde 2019, tendo investido em startups nacionais como Ibipbip, Bephex, Clynx, Skillcore, Squill, Ushowme, Actif, Claire, Careforce ou Networkme, com 100 mil euros cada uma, perfazendo um total de 1 milhão de euros.

Recomendadas

Casa do Impacto tem mais 500 mil euros para startups

Há novidades nesta terceira edição do +PLUS: a alocação de 50% do orçamento do fundo para soluções de impacto ambiental e outros 50% (250 mil euros) para soluções inovadoras de impacto social.

Desenvolver um projeto ou adquirir competências base de gestão de forma gratuita

Academia de Empreendedorismo é um projeto da plataforma NAU em conjunto com a Universidade NOVA de Lisboa e destina-se a todos os que querem saber mais sobre como lançar um negócio.

Fever cria incubadora para startups de entretenimento ao vivo

O unicórnio espanhol das experiências culturais, gastronómicas e de bem-estar compromete-se a dar auxílio financeiro e ajuda na conceção de experiências, desenvolvimento de conteúdos, análise da procura, interação de formatos e expansão para diferentes cidades.
Comentários