Espetáculo solidário pretende angariar fundos para ajudar famílias de crianças em tratamento hospitalar

“O melhor de Nós” é uma iniciativa da Clínica Sónia Costa em parceria com a Casa Ronald Macdonald, que acolhe de forma gratuita os familiares mais carenciados das crianças que se deslocam da sua área residência para tratamento no Centro Hospitalar de São João (CHUSJ) e no Instituto Português de Oncologia (I.P.O) do Porto.

Sob o mote “O sucesso não vale nada se não temos alguém para partilhá-lo”, do escritor Anthony Robbins, o espetáculo solidário “O melhor de Nós”, pretende angariar fundos para ajudar as famílias de crianças em tratamento hospitalar no Centro Hospitalar de São João (CHUSJ) e no Instituto Português de Oncologia (I.P.O) do Porto. Esta iniciativa surge através da parceria entre a Clínica Sónia Costa e a Casa Ronald Macdonald, e vai decorrer no próximo dia 13 de dezembro, quinta-feira, no Auditório Municipal de Lousada.

Ao contribuir com a compra de ingressos para este espetáculo ou com doações à instituição, as empresas mostram não só a sua vertente de responsabilidade social, como permitem que este projeto continue a apoiar famílias.

O programa conta com a receção aos convidados pelas 18h30, seguindo-se uma apresentação que anuncia o início do espetáculo, conduzida pela Dr.ª Sónia Costa e pela Dr.ª Isabel Aragão, gestora da Casa Ronald MacDonald. Às 19h40 dá-se a atuação de Liliana Martins e de um pianista, prosseguindo o evento com a apresentação do professor Ricardo Fráguas. A partir das 19h50 acontece um recital de poesia e um espetáculo de ballet jazz.

Na segunda metade deste espetáculo, os convidados podem assistir à atuação do Coro e Orquestra do Conservatório Vale do Sousa e por fim, às 21h00, a entrega do cheque do valor angariado em todo o evento.

Esta é a primeira edição desta iniciativa, com um custo de 50 euros e conta com o apoio da Câmara Municipal de Lousada e pretende, acima de tudo, continuar a apoiar famílias em situação de vulnerabilidade.

Recomendadas

Ivo Rosa admite que desistia da candidatura à Relação se soubesse da acusação no processo disciplinar

O magistrado está convencido de que estava “absolutamente inocente” em relação aos factos invocados na ação do órgão de gestão e disciplina dos juízes e reiterou que “o único desfecho seria o arquivamento do processo disciplinar”.

Associação alerta que acesso a medicamentos genéricos pode ficar comprometido

“Caso não sejam implementadas medidas urgentes para assegurar a sustentabilidade da cadeia de produção dos medicamentos genéricos e biossimilares, é o acesso dos cidadãos à saúde que está comprometido”, adiantou a presidente da APOGEN.

“Vamos ter um momento de viragem do que é o SNS”

Há uma espécie de CEO no Serviço Nacional de Saúde. Com problemas identificados e a evidência de que a envolvente só vai piorar, a Associação Comercial do Porto (ACP) quis deixar alguns conselhos a Fernando Araújo.
Comentários