Premium“Estamos mais defensivos, porque os riscos aumentaram”

O responsável pela gestão de um fundo com 50 mil milhões de dólares em ativos, explica que a volatilidade e fatores globais de incerteza obrigaram a J.P. Morgan a reduzir exposição a ações e a mercados emergentes. A tendência deverá continuar em 2019.

No décimo aniversário do Global Income Fund da J.P.Morgan, Eric Bernbaum, um dos dois gestores do fundo falou com o Jornal Económico. O fundo, que visa combinar um perfil de risco equilibrado com ganhos em ativos de classes alargada, está agora mais acautelado para os tempos incertos, disse.

Tem sido um ano com muita volatilidade. Quais foram os efeitos e como é que afetou as decisões do fundo.

Durante 2017, estávamos, muito, muito positivos sobre as perspetivas de crescimento e sobre os ativos de risco e posicionamos o fundos segundo essa visão. Tínhamos peso alocado a ações, posições significativas em mercados internacionais, incluindo os emergentes, e estávamos favoráveis à dívida, especialmente a de high yield.

Nessa altura estávamos a ver o crescimento económico global sincronizado. Fazemos fast forward para hoje e o que vemos é uma reversão nos mercados e também nas tendências da economia. Por exemplo, vimos o desacelerar com crescimento da economia global. Até está a voltar à tendência normal na maioria dos sítios, portanto a um nível absoluto está bem, mas está certamente a abrandar mais do que esperávamos.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Relacionadas

JP Morgan vê 40% de hipóteses de o Reino Unido ficar na União Europeia

“O Reino Unido parece agora ter a opção de revogar unilateralmente e de escolher o que acontecerá depois”, escreveu Malcolm Barr, economista do banco norte-americano.

JP Morgan: EUA não dão sinais de recessão e ações em Wall Street não estão caras

Manuel Arroyo, o novo diretor de estratégia da JP Morgan Asset Management Ibéria, antecipa que a volatilidade vai aumentar e os retornos vão diminuir. Ainda assim, considera que há oportunidades nos setores ‘value’.
Recomendadas

PremiumMemórias pessoais e transmissíveis

Mas os diários da minha tia Gália eram de um tipo muito específico: à medida que os lia, a sua textura peculiar — que se assemelhava sobretudo a uma rede de pesca de malha grande — tornava‑se cada vez mais enigmática e interessante.

PremiumGeorge Clooney e o Speedmaster ’57

Coincidindo com o 65º aniversário da linha Speedmaster, a coleção completa Omega Speedmaster ’57 inclui agora oito novos modelos.

PremiumBiografia de Lula Inácio da Silva

Para lá das emoções que provoca, positivas ou negativas, Lula da Silva está entre as maiores figuras políticas da história do Brasil. Oriundo da classe operária, opositor ativo e convicto de uma ditadura militar que sufocou a sociedade e a economia brasileiras entre 1964 e 1985, a sua história e as suas lutas confundem-se com as de um povo que, por duas vezes, o elegeu presidente da nação.
Comentários