“Este dia é importantíssimo”. Bastonária dos Enfermeiros elogia início da vacinação pelos profissionais de saúde

Em declarações à RTP, após ter-se juntado à ministra da Saúde, Marta Temido, em Coimbra no primeiro dia de vacinação em Portugal, esta responsável considerou ser “importantíssimo este dia de arranque da vacinação e que o mesmo comece pelos profissionais de saúde”.

Foto: Cristina Bernardo

Ana Rita Cavaco, bastonária da Ordem dos Enfermeiros, reconheceu a importância de se iniciar o plano de vacinação contra a Covid-19 pelos profissionais de saúde. Em declarações à RTP, após ter-se juntado à ministra da Saúde, Marta Temido, em Coimbra no primeiro dia de vacinação em Portugal, esta responsável considerou ser “importantíssimo este dia de arranque da vacinação e que o mesmo comece pelos profissionais de saúde”.

A Bastonária da Ordem dos Enfermeiros recordou, em declarações à RTP, que “felizmente ainda não morreu nenhum enfermeiro por Covid-19” mas que “no mundo inteiro morreram milhares de enfermeiros com esta doença”.

Apesar do dia ser de regozijo pelo início do plano de vacinação, Ana Rita Cavaco realçou que “Portugal é do países do mundo que tem menos enfermeiros por mil habitantes e portanto, se muitos estiverem isolados, de quarentena ou infetados, vão-nos faltar enfermeiros para tratar das pessoas”.

 

 

 

Relacionadas

Covid-19: Aplausos e apelos marcam primeira manhã de vacinação no São João

Jorge Cancela, médico de hematologia clínica, entrou na zona K3 das consultas externas, que hoje está reservada à vacinação, a meio da manhã. Sorriso de orelha a orelha. Alguns minutos depois, e já vacinado, dirigiu-se a um grupo de colegas que aguardavam pela sua vez.

Bastonário dos médicos: “Não tive a mínima hesitação em me apresentar para ser vacinado”

Miguel Guimarães, enquanto profissional de saúde, foi um dos convocados para a primeira fase do processo de vacinação contra a Covid-19. “O efeito da vacina vai-se sentir mais tarde, quando cerca de 70% da população estiver vacinada”, advertiu o médico.

Portugal regista mais 1.577 casos de infeção e 63 mortes no dia em que chegaram as vacinas

O boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde informa que o total de casos confirmados de infeção por coronavírus, desde o início da pandemia, subiu para 394.573.
Recomendadas

OE2023: Marcelo diz que previsões são melhores do que esperava mas não são “maquilhagem política”

O Presidente da República afirmou hoje que as previsões económicas do Governo para 2023 são melhores do que esperava, mas considerou que não são “um exercício de maquilhagem política”, embora admitindo que posam falhar.

PCP considera que OE2023 deve dar prioridade à “recuperação e valorização de salários e pensões”

A líder do grupo parlamentar sublinha que o Governo “vai prolongar a perda do poder de compra por parte da esmagadora maioria dos trabalhadores”, depois de se ter reunido com o Executivo de António Costa.

Governo prevê PIB a crescer 1,3% e défice de 0,9% no próximo ano

O cenário macroeconómico da proposta de Orçamento do Estado para 2023, que está hoje a ser apresentado aos partidos, contempla prevê um abrandamento do crescimento económico de 6,5%, este ano, para 1,3% no próximo. Inflação mantém-se no patamar do OE2022 de 4% e dívida cai para 110,8%.
Comentários