Estragos do temporal em São Vicente são superiores a 10 milhões de euros

A estimativa dos custos é da autarquia de São Vicente e tem em conta por exemplo a reconstrução das infraestruturas, reparação de redes de água, e apoio às famílias de Ponta Delgada e Boaventura.

Os estragos provocados pelo temporal, em São Vicente, a 25 de dezembro, devem ter um custo superior a 10 milhões de euros, avança o Diário de Notícias da Madeira.

A estimativa dos custos dos estragos é da autarquia de São Vicente, e tem em conta por exemplo a reconstrução das infraestruturas, reparação de redes de água, e apoio às famílias de Ponta Delgada e Boaventura, acrescenta a mesma publicação.

Em jeito de balanço dos estragos do temporal, Miguel Albuquerque, presidente do Governo da Madeira, tinha referido, na passada segunda-feira, que existiam duas casas que são irrecuperáveis, e mais de uma dezena que vão precisar de intervenções profundas.

O governante disse ainda que duas estradas ainda estavam condicionadas.

Recomendadas

Madeira: Parceria entre Governo Regional e as Irmãs Hospitaleiras no Internamento na Pedopsiquiatria apoiou 889 crianças e jovens

A UPSR é uma das quatro unidades de internamento em pedopsiquiatria existentes em todo o país e conta com uma lotação de dez camas. 

Presidente da Câmara do Funchal diz que muitas das promessas feitas estão a ser concretizadas

O presidente da autarquia referiu que mais do que “prometer e falar, aquilo que a polução tem que sentir é a materialização dos projetos que nós nos comprometemos a fazer”.

Governo da Madeira não vai limitar iluminação decorativa no natal

O executivo madeirense considera que as luzes fazem parte do cartaz turístico da região.
Comentários