PremiumEUA e zona euro vão ter uma “aterragem dura” na pista da recessão no próximo ano

A subida das taxas de juro para controlar a inflação vai ter forte impacto na economia em 2023. Alemanha afunda acima da média, com China a crescer acima do previsto.

A recessão vai provocar uma “aterragem dura” em 2023. A zona euro deverá sofrer uma contração (-0,1%), com o motor da economia europeia – a Alemanha – a sofrer mais (-0,4%). A maior economia mundial – os EUA – deverá recuar 1%, o Reino Unido desce 0,8%, os BRIC com uma perda de 4,1%… enquanto a China deverá subir 5%. Estas são as previsões da Schroders, a gestora de ativos britânica, para o próximo ano.
“Recessão nos EUA e na Europa, tanto na zona euro como no Reino Unido”, começou por dizer o economista-chefe da gestora de ativos britânica esta semana numa apresentação da ‘Bola de Cristal’, as previsões para o próximo ano.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

Ligações ferroviárias de Lisboa a Corunha e Madrid entre projetos apoiados pela UE

O executivo comunitário anunciou hoje que escolheu 10 projetos-piloto que apoiará para estabelecer novos serviços ferroviários ou melhorar os já existentes, apontando que, no seu conjunto, “irão melhorar as ligações ferroviárias transfronteiriças em toda a União Europeia, tornando-as mais rápidas, mais frequentes e mais acessíveis”.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta terça-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta terça-feira.

“Temos o melhor pipeline de sempre em oportunidades de negócio”, salienta CEO da Webhelp Portugal

O crescimento desta empresa que proporciona serviços de apoio ao cliente, permite aumentar o investimento e criar ainda mais postos de trabalho, de acordo com Carlos Moreira, o administrador da Webhelp em Portugal, no podcast “JE Entrevista”.
Comentários