EUA. 261 mil novos empregos em outubro, valor mínimo de quase dois anos

Foram registados 261 mil novos empregos nos EUA em outubro. Apesar de os números representarem uma queda face aos registos anteriores, estão acima daquelas que eram as expetativas dos mercados.

Foram registados 261 mil novos empregos nos EUA em outubro, naquele que é o menor registo em quase dois anos. Ainda assim, os números superam as expetativas do mercado, que apontavam para os 205 mil, o que é um sinal de que o mercado laboral continua forte, de acordo com a estação norte-americana “CNBC”, que cita o mais recente relatório do Departamento do Trabalho dos EUA.

Em simultâneo o desemprego cresceu para os para 3,7% no mês em análise, depois de ter sido 3,5% em setembro, ao passo que os salários registaram um aumento mensal de 0,4% em comparação e de 4,7% relativamente ao mês homólogo.

De acordo com a “Reuters”, estes indicativos podem levar a Reserva Federal (Fed) a ponderar abrandar a subida das taxas de juro. De recordar que, esta quarta-feira, foi anunciado um novo aumento de 75 pontos base.

O próprio banco central dos EUA justificou a medida com o objetivo de combater a subida da taxa de inflação, mas sinalizou que pode estar a aproximar-se o ponto de inflexão naquela que é a política monetária mais rígida dos últimos 40 anos.

De acordo com as estimativas realizadas, os novos postos de trabalho terão sido distribuídos de forma bastante homogénea entre os vários sectores da indústria. Sectores sensíveis às subidas das taxas de juro, como atividades financeiras, assim como transporte e armazenamento, assistiram provavelmente a uma redução no número de empregos, tal como se verificou em setembro.

(Notícia atualizada às 14h13 com mais informações e alteração do título)

Recomendadas

EUA incluem Irão, grupo Wagner e talibãs na lista negra de liberdade religiosa

O Governo dos Estados Unidos anunciou hoje a sua ‘lista negra’ de países e organizações que atentam contra a liberdade religiosa, nela incluindo Cuba, China, Irão, Rússia, o grupo Wagner e os talibãs, entre outros.

Crise/Energia: Desconto no ISP reduz-se em dezembro com queda dos preços dos combustíveis

O Ministério das Finanças anunciou hoje que em dezembro há uma redução do desconto do ISP em 3,9 cêntimos por litro de gasóleo e em 2,4 cêntimos por litro de gasolina, tendo em conta a queda dos preços.

PremiumEmpresários pedem “velocidade” nos dossiers da economia e turismo

Confederações de empresários da indústria e de turismo agradecem aos secretários de Estado demissionários e esperam que os novos continuem o trabalho já realizado, concretizando planos anunciados.
Comentários