EUA: Recontagem dos votos no estado de Michigan começa hoje

Juiz ordenou a recontagem à mão dos votos para as eleições presidenciais nos EUA.

Charles Mostoller/Jonathan Ernst/Reuters

Um juiz ordenou uma recontagem à mão dos votos das eleições presidenciais norte-americanas no estado do Michigan a partir das 12h00 desta segunda-feira (17h00 em Lisboa), a pedido do Partido Verde.

Atualmente, os votos nas presidenciais do mês passado, ganhas pelo candidato do Partido Republicano, Donald Trump, estão a ser contados no Wisconsin. No Nevada, uma recontagem parcial foi pedida pelo candidato independente Roque De La Fuente.

As autoridades responsáveis pelas eleições nos três estados (Michigan, Wisconsin e Pensilvânia) exprimiram confiança nos resultados apurados inicialmente. Nestes três estados, Donald Trump ganhou por uma escassa margem.

Não é expectável que as recontagens resultem numa alteração suficiente de votos que mude o resultado em qualquer um dos estados.

Recomendadas

Japão, EUA e NATO condenam disparo de míssil norte-coreano

Estados Unidos, Japão e NATO condenaram hoje o disparo pela Coreia do Norte de um míssil balístico sobre o Japão, comprometendo-se a coordenar uma resposta multilateral à provocação do regime do presidente Kim Jong-un.

Filhos de José Eduardo dos Santos não vão contestar arquivamento do processo

Os filhos do ex-Presidente de Angola não vão contestar o arquivamento, pela justiça espanhola, da investigação sobre a morte do pai, disseram hoje à Lusa os advogados que os representam.

Cabo-verdianos “exaustos” de sacrifícios e à espera de “boas novas” no Orçamento

O presidente do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV, oposição), Rui Semedo, avisou hoje o Governo que os cabo-verdianos estão “exaustos” de sacrifícios e que esperam “boas novas” da proposta de Orçamento do Estado para 2023.
Comentários