Euro sobe na véspera de reunião do Banco Central Europeu

Às 18:00 (hora de Lisboa), o euro negociava a 1,1381 dólares, quando na terça-feira ao final da tarde seguia a 1,1315 dólares.

O euro subiu esta quarta-feira face ao dólar, na véspera de uma reunião de política monetária do Banco Central Europeu (BCE).

Às 18:00 (hora de Lisboa), o euro negociava a 1,1381 dólares, quando na terça-feira ao final da tarde seguia a 1,1315 dólares.

Na reunião de política monetária de quinta-feira, o BCE deve confirmar o que anunciou em junho, que o programa de compra de ativos lançado em 2015, termina no fim de dezembro.

O BCE vai também apresentar novas previsões macroeconómicas. Em setembro, o banco central previu um crescimento de 2% na zona euro em 2018 e de 1,8% em 2019.

Ainda na Europa, o primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, entrega hoje ao presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, uma nova proposta orçamental para 2019.

Outro assunto que atraiu as atenções dos investidores foi a moção de censura apresentada em Londres contra a primeira-ministra britânica, Theresa May.

A libra baixou num primeiro momento, mas depois subiu face ao euro e ao dólar na sequência do apoio de alguns ministros a May.

  • Divisas……….hoje…………….terça-feira
  • Euro/dólar……1,1381………………..1,1315
  • Euro/libra……0,89928………………0,90414
  • Euro/iene……..128,77……………….128,22
  • Dólar/iene…….113,15……………….113,32
Recomendadas

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta segunda-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcaram o dia informativo desta segunda-feira.

Euribor sobem a três, seis e 12 meses para novos máximos de quase 14 anos

As taxas Euribor subiram hoje para novos máximos desde o início de 2009 a três, seis e 12 meses.

Maioria dos europeus tem hoje maior dificuldade em fazer face às despesas mensais

O disparo dos preços tem levado as famílias europeias a ter maior dificuldade em equilibrar o orçamento mensal. Não há dados específicos para Portugal, mas também cá os salários reais têm caído e o poder de compra emagrecido.
Comentários