Eurodeputado Jordan Bardella sucede a Marine Le Pen no Rassemblement National

O eurodeputado, presidente interino do Rassemblement National (Reagrupamento Nacional) desde 2021 e considerado originalmente um elemento radical do partido, obteve 84,4% dos votos contra o presidente da câmara de Perpignan e o histórico do partido Louis Aliot.

7 – Franca

O eurodeputado, Jordan Bardella, converteu-se hoje no novo líder do partido de extrema-direita francês Rassemblement National e assume o testemunho de Marine Le Pen, que decidiu retirar-se para se concentrar nas atividades parlamentares do partido.

Bardella, presidente interino do Rassemblement National (Reagrupamento Nacional) desde 2021 e considerado originalmente um elemento radical do partido, obteve 84,4% dos votos contra o presidente da câmara de Perpignan e o histórico do partido Louis Aliot.

Jordan Bardella obteve uma percentagem muito superior aos 67,65% dos votos quando Marine Le Pen ganhou contra Bruno Gollnisch para suceder ao seu pai, Jean-Marie Le Pen, há onze anos.

Marine Le Pen vai focar-se agora na liderança do bloco parlamentar do seu partido, a maior força no parlamento desde as eleições de junho, com 89 lugares.

A vitória de Bardella significa que o partido fica sem alguém da família Le Pen ao leme do destino do partido desde a sua fundação como Frente Nacional há 50 anos, mas o eurodeputado de 27 anos, que tem defendido movimentos anti-imigração, tem uma relação com a sobrinha de Le Pen.

Recomendadas

Conselho de Ministros moçambicano aprova criação de fundo soberano

O Conselho de Ministros moçambicano aprovou hoje a criação do fundo soberano do país, cuja capitalização deverá arrancar com as receitas deste ano da plataforma Coral Sul, que começou a exportar gás do Rovuma há duas semanas.

Ucrânia: Alemanha garante apoio ao sector energético e entrega “mais de 350 geradores”

A Alemanha vai fornecer “mais de 350 geradores” à Ucrânia, afetada pelos ataques russos contra as suas infraestruturas de energia nas últimas semanas, divulgou hoje o porta-voz do Governo alemão.

Venezuela prepara acordos com petrolífera Chevron após alívio de sanções

A Venezuela anunciou hoje que vai assinar, nas próximas horas, acordos com a petrolífera norte-americana Chevron para impulsionar o desenvolvimento local de empresas mistas (capital público e privado) e a produção de petróleo.
Comentários