Europa encerra em alta. EDP Renováveis e Navigator impulsionam PSI-20

O PSI-20 fechou a subir 1,53% para 4.929,30 pontos, graças aos ganhos da EDP Renováveis, da Navigator Company e da Corticeira Amorim.

Reuters

Os principais índices bolsistas do Velho Continente encerraram a sessão desta segunda-feira a negociar no ‘verde’, no dia em que arrancou o segundo dia de vacinação contra a Covid-19 em vários países europeus e o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, aprovou o pacote de estímulos económico no valor de 900 mil milhões de dólares, depois de ter ameaçado vetar o documento.

Por cá, o PSI-20 fechou a subir 1,53% para 4.929,30 pontos, graças aos ganhos de 3,59% para 23,10 euros da EDP Renováveis, 3,26% para 2,53 euros da Navigator Company e 3,22% para 10,90 euros da Corticeira Amorim. A Mota-Engil e a Semana também negoceiam em alta, valorizando 2,20% e 2,24% para 1,392 e 9,13 euros, respetivamente.

Em sentido contrário, a praça portuguesa regista apenas os recuos da Ibersol e da Pharol, que perdem 1,79% e 1,23% para 5,50 e 0,1280 euros, pela mesma ordem.

Em Espanha, numa altura em que o Instituto Nacional de Estatísticas espanhol revelou que as vendas a retalho recuaram 0,8% em novembro, comparativamente ao mês anterior, e -4,3% quando comparado com o período homólogo do ano passado, IBEX 35 encerrou com uma subida de 0,57% para 8.158,00 pontos. Os investidores em Madrid também se mantém apreensivos devido ao atraso na entrega das doses da vacina da Pfizer-BioNTech, que só deverão chegar amanhã depois de um “incidente logístico”.

Na Alemanha, o DAX subiu 1,54% para 13.796,70 pontos, em linha com o Euro Stoxx 50 que ganhou 1% para 3.574,55  pontos e o CAC 40, em Paris, que cresceu 1,20% para 5.588,38  pontos. Em breve fora do bloco europeu, o Ftse 100 valoriza 0,10% para 6.502,11 pontos depois de Londres e Bruxelas terem assinado um acordo comercial para o Brexit há muito esperado. Reino Unido sai da União Europeia no dia 31 de dezembro.

Recomendadas

Wall Street abre mista. Twitter desvaloriza com outro volte-face no negócio

Já as ações da Peloton estão a valorizar 3,35% para 8,82 dólares, apesar de a empresa das bicicletas de fitness ter informado que iria reduzir a força de trabalho em mais 12% (ou 500 empregos). A gigante do retalho Walmart avança à boleia de uma nova aquisição.

Lagarde com reconhecimento “pouco feliz” e a inflação na Alemanha a disparar. As escolhas da semana no “Mercados em Ação”

Estes e outros temas, como a saída do CEO da Galp, Andy Brown, são as escolhas da semana no programa da plataforma JE TV, conduzido pelo subdirector do JE, André Cabrita-Mendes.

Bolsa de Lisboa segue em terreno negativo a meio da sessão

No meio sessão seguem em terreno positivo apenas a Altri, que avança 0,20% para 5,09 euros, a Jerónimo Martins, que ganha 0,21% para 18,95 euros, e a Semapa, que sobe 0,16% para 12,28 euros.
Comentários