Excedente da balança comercial externa da zona euro recua em outubro

O excedente da balança comercial externa de bens da zona euro recuou, em outubro, para os 14 mil milhões de euros, face aos 17,8 mil milhões de euros homólogos, segundo o Eurostat.

De acordo com o gabinete estatístico da União Europeu (UE), o Eurostat, na zona euro as exportações de bens para o resto do mundo aumentaram 11,4% para 209,7 mil milhões de euros (188,3 mil milhões em outubro de 2017) e as importações avançaram 14,8%, de 170,5 mil milhões de euros para 195 mil milhões.

Na UE, o défice da balança comercial externa agravou-se em outubro para os 7,7 mil milhões de euros, face aos mil milhões do mês homólogo.

As exportações de bens dos 28 Estados-membros para o resto do mundo fixaram-se nos 180,7 mil milhões de euros, uma subida de 13,4% face aos 159,4 mil milhões homólogos.

Por seu lado, a importações de bens de países terceiros subiu, na comparação homóloga, 16,8% passando dos 161,3 mil milhões de euros para os 188,4 mil milhões.

O comércio entre os 19 países da moeda única aumentou 8,7%, dos 161,6 mil milhões de euros para os 175,6 mil milhões.

Na UE, as trocas comerciais entre os 28 cresceram 7,9%, dos 296,5 mil milhões para os 319,9 mil milhões de euros.

Recomendadas

Lagarde avisa que taxas de juro vão continuar a subir

Dados da inflação na zona euro em novembro vão ser conhecidos esta semana. BCE reúne-se em meados de dezembro.

Cáritas já recebe pedidos de quem não consegue pagar empréstimo da casa

“O pânico foi imediato. O receio das pessoas, a angústia com que se aproximavam de nós a dizer ‘ai, se eu perco a minha casa’. É que nós tivemos uma crise em que houve muita gente a perder a casa; é recente ainda, está na memória das pessoas – 2008”, afirmou Rita Valadas.

Expectativas de exportação na Alemanha aumentam em novembro, diz Ifo

Depois de uma queda no mês anterior, a indústria automóvel volta a ter expectativa de crescimento nas exportações.
Comentários