Exportações chinesas caem 1,1% em novembro

Em contrapartida, no prato das importações verificou-se um crescimento, embora residual.

Alfred Cheng Jin/Reuters

As exportações chinesas caíram 1,1% em novembro em relação ao mesmo mês de 2018, refletindo o impacto da guerra comercial com os EUA, de acordo com dados publicados hoje pela Administração Geral das Alfândegas.

Contudo, as importações da China cresceram pela primeira vez desde abril passado (0,3%), em relação ao ano anterior.

O excedente do comércio externo chinês caiu para 38.730 milhões dólares (35 mil milhões de euros) em novembro, contra os 42.911 milhões de dólares (38,8 mil milhões de euros) registados em outubro.

Recomendadas

Comunidades pedem a António Costa que resolva “discriminação” de pensionistas

O Conselho Regional das Comunidades Portuguesas na Europa (CRCPE) endereçou hoje uma carta ao primeiro-ministro de Portugal a solicitar a atualização das pensões e reformas para evitar perdas do valor futuro das pensões e reformas dos portugueses no estrangeiro.

JMJLisboa2023. Portugal terá retorno económico de cerca de 350 milhões de euros

A Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que se realiza no próximo mês de agosto em Lisboa, vai ter um retorno económico para Portugal de cerca de 350 milhões de euros, revelou hoje o coordenador do evento nomeado pelo Governo.

Câmara de Grândola aprova nova descida do IMI e alargamento do IMI familiar

A Câmara Municipal de Grândola aprovou, na passada quinta-feira, as propostas de redução do IMI de 0,34% para 0,33%, e de alargamento do IMI familiar para famílias com um dependente. Reduções que são para vigorarem em 2023.
Comentários