Exposição “Entre Les Mondes” cruza arte, design e NFT’s

A mostra é uma iniciativa da D&A by V&T, um projeto curatorial criado por Valérie Marendaz e Tatiana Gecmen-Waldek para a promoção e divulgação da criação ultra-contemporânea de vanguarda, sendo Lisboa o local escolhido para a sua primeira edição.

A exposição “Entre Les Mondes” é uma iniciativa da D&A by V&T, um projeto curatorial criado por Valérie Marendaz e Tatiana Gecmen-Waldek para a promoção e divulgação da criação ultra-contemporânea de vanguarda, sendo Lisboa o local escolhido para a sua primeira edição.

“Entre Les Mondes” traz à conversa 21 artistas internacionais, traçando conexões inesperadas entre arte contemporânea emergente, design colecionável e NFT, criando uma ponte entre a concepção física e digital, entre obras tangíveis e intangíveis.

Tomando como cenário um palacete histórico privado em Alfama (aberto das 12h00 às 23h00), “Entre les Mondes” é um convite a descobrir obras de arte num contexto invulgar, de dia e de noite.

Decorre até 8 de outubro de 2022 no Largo de Santo Estêvão, 6, em Lisboa.

Recomendadas

“Trair e Coçar é só começar” vai ter dois ensaios solidários

O público português tem a oportunidade de assistir aos últimos ensaios antes da grande estreia e apoiar, assim, duas associações de solidariedade.

PremiumPara saudar o regresso de um majestoso Jaen

Serve este texto para saudar a aposta de um produtor do Dão, a Caminhos Cruzados, integrada há cerca de dois anos no grupo da Quinta da Pacheca (no Douro), na comercialização de um monovarietal de uma das castas mais singulares que se produzem em Portugal: a Jaen (Mencia, em Espanha). Há quem diga que em relação à Jaen, ou se ama ou se detesta.

PremiumFada ou bruxa? Uma duquesa que incomoda muita gente

Sociopata narcisista”. Uma classificação nada abonatória, mas é assim que é descrita Meghan Markle por ex-funcionários do Palácio de Buckingham que trabalharam para os duques de Sussex, segundo o que é revelado no novo livro de Valentine Low, que escreve sobre assuntos reais para o “The Times”.
Comentários