Farfetch compra retalhista de calçado Stadium Goods por 220 milhões de euros

A empresa de e-commerce de moda de luxo refere que a Stadium Goods é adquirida na totalidade mas garante que esta retalhista norte-americana continuará a ser gerida pela equipa fundadora, beneficiando da tecnologia, logística, oferta, marca e marketing da Farfetch.

Farfetch

A Farfetch fechou um acordo para comprar a Stadium Goods, uma plataforma de venda online especializada em sapatilhas e streetwear, por 250 milhões de dólares (cerca de 220 milhões de euros).

O negócio do primeiro unicórnio português deverá ficar fechado no primeiro trimestre de 2019, permitindo à empresa liderada por José Neves adquirir uma startup criada em 2015 e que terá chegado a um valor de 70 mil milhões de dólares em 2017. O pagamento será feito em dinheiro e ações da Farfetch, em montantes que ainda serão determinados até à negociação final.

“Estamos entusiasmados por receber a Stadium Goods na família Farfetch. Tendo já colaborado com esta equipa excecional através do marketplace da Farfetch, parece-me claro que o negócio é uma grande oportunidade para as duas companhias usarem as forças uma da outra para conquistarem uma fatia maior de um segmento da moda de luxo excitante e em rápido crescimento”, explicou José Neves no comunicado enviado às redações esta quarta feira.

A empresa de e-commerce de moda de luxo refere que a Stadium Goods – que está no marketplace da Farfetch desde abril e que, desde que entrou na plataforma, registou um forte crescimento nas vendas – vai ser adquirida na totalidade mas garante que esta retalhista norte-americana continuará a ser gerida pela equipa fundadora, beneficiando da tecnologia, logística, oferta, marca e marketing da Farfetch.

Relacionadas

Farfetch enfrenta teste dos resultados, mas apesar dos prejuízos tem potencial para valorizar 24%

Unicórnio luso-britânico liderado por José Neves realiza esta quinta-feira à noite a primeira apresentação de resultados depois da estreia em bolsa. O potencial de crescimento deverá ser o principal foco dos analistas, que estão cada vez mais atentos à cotada.

Farfetch: “Procura sólida” pelas ações da futura “Amazon de luxo” faz disparar valor

Após ter encaixado 885 milhões de dólares numa oferta pública inicial, o português José Neves viu as ações da Farfetch valorizaram 42,25% na sexta-feira. A empresa terminou o dia a valer mais de oito mil milhões de dólares.
Recomendadas

Martín Tolcachir nomeado CEO Global do Grupo Dia

Tolcachir assumirá a estratégia da empresa a nível global e liderará a execução da estratégia de aceleração para o crescimento em todos os países onde opera, revela o grupo.

Seca no rio Reno põe em risco transporte de mercadorias

Os patrões alemães consideram que o governo federal, juntamente com os vários estados federados, o sector da logística e as empresas industriais, “deve estabelecer um sistema de monitorização próximo para reagir prontamente” ao baixo nível das águas.

Falta de gelo? Mercadona sem limitação de vendas nas lojas em Portugal

Os supermercados em Espanha estão a limitar o número de embalagens de gelo que vendem por cliente, tendo em conta a escassez deste produto devido à maior procura por causa do calor e à menor produção provocada pelos preços da eletricidade.
Comentários