FCT atribui 1.450 novas bolsas para doutoramento este ano num investimento de 112 milhões

Os resultados preliminares do Concurso de Bolsas de Investigação para Doutoramento 2022 da Fundação para a Ciência e Tecnologia, divulgados esta sexta-feira, revelam um total de 3.130 candidaturas submetidas. A taxa de aprovação é de 46%.

A Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) revelou esta sexta-feira, 29 de julho, ter atribuído 1450 novas bolsas para o desenvolvimento de atividades de investigação à obtenção do grau académico de Doutor, em programas de doutoramento de universidades portuguesas ou estrangeiras.

Ao Concurso de Bolsas de Investigação para Doutoramento 2022 foram submetidas 3.130 candidaturas, tendo a taxa de aprovação sido de 46%, representando um investimento previsto de 112 milhões de euros suportado por fundos nacionais e comunitários.

Segundo a FCT, a seleção dos candidatos “teve em conta o mérito do candidato, o mérito do plano de trabalhos e o mérito da instituição de acolhimento e orientadores e o processo de avaliação das candidaturas envolveu a participação de 424 avaliadores, distribuídos por 37 painéis de avaliação”.

A análise dos resultados provisórios do concurso de 2022 (os resultados finais só serão divulgados  em outubro) mostra que as mulheres representam 58% dos candidatos propostos para financiamento e os homens 42%.

As bolsas a realizar integralmente em Portugal correspondem a 80% do total, 18% das bolsas serão mistas (parte em Portugal e parte no estrangeiro) e 2 % serão realizadas integralmente no estrangeiro. Dos candidatos selecionados, 76% têm nacionalidade portuguesa. Estão propostos para financiamento candidatos de 54 países, destacando-se entre os estrangeiros mais representados os de nacionalidade brasileira, italiana, iraniana e espanhola, informa ainda a FCT.

O número de bolsas a atribuir em cada painel foi fixado por deliberação do Conselho Diretivo da FCT, tendo em linha de conta as orientações de política científica para Portugal no contexto europeu constantes do relatório Higher Education, Research and Innovation in Portugal – Perspectives for 2030, bem como as recomendações resultantes do exercício de avaliação do contributo dos Fundos Europeus Estruturais e de Investimento (FEEI) para a Formação Avançada.

O concurso de bolsas de investigação para doutoramento tem uma periodicidade anual e integra o conjunto dos grandes concursos estruturantes da FCT.

Recomendadas

JPP critica construção de estacionamentos na Praça do Município e propõe alternativa na Reitoria da Universidade da Madeira

O partido considera que a construção de um parque de estacionamento na zona da Praça Municipal do Funchal coloca em risco o património cultural da cidade.

Novo hospital será “forte contributo” para consolidar curso de Medicina na Madeira

Em 2018, o Governo Regional estabeleceu um processo de cooperação com a Universidade da Madeira, através de contratos-programa, para consolidar o mestrado integrado em Medicina na região, que vai totalizar 960 mil euros de apoio em cinco anos.

Tribunal de Contas alerta: “permanece a oferta (de cursos) em áreas de elevado desemprego”

Auditoria confirma que a empregabilidade é um dos itens considerados para definir a oferta dos ciclos de estudos e que os níveis de desemprego são analisados para limitar o número de vagas e de ciclos, mas considera que existem parâmetros que apresentam “insuficiências que comprometem a sua eficácia”.
Comentários