Fenadegas pede apoio para adegas cooperativas e produtores de vinho

A Fenadegas diz que “contrariamente às expetativas criadas, nas medidas anunciadas pelo governo para colmatar os efeitos negativos desta crise, não foi previsto nenhum apoio específico para os produtores de vinho e suas unidades de vinificação”.

A Fenadegas pediu hoje medidas de apoio imediato para as adegas cooperativas e empresas produtoras de vinho, face aos “grandes constrangimentos” vivenciados pelo setor na sequência do aumento dos preços da energia e das matérias-primas.

“Como é do conhecimento de todos, a atual conjuntura mundial tem provocado um aumento exponencial dos preços da energia e de diversas matérias-primas, situação que está a provocar grandes constrangimentos nos agentes económicos do setor do vinho, nomeadamente nas Adegas Cooperativas”, começa por dizer a associação de adegas cooperativas.

A Fenadegas diz que “contrariamente às expetativas criadas, nas medidas anunciadas pelo governo para colmatar os efeitos negativos desta crise, não foi previsto nenhum apoio específico para os produtores de vinho e suas unidades de vinificação”.

A associação lembra que há vários meses tem alertado para as consequências graves para o setor.

“Tendo conhecimento de novo aumento do vidro em cerca de 20%, já com previsão de novos aumentos até ao final do ano, não só no setor vidreiro, e dado que nas perspetivas de evolução política e económica, tanto a nível nacional como internacional, a curto e médio prazo, não se anteveem melhorias, as implicações para o setor são graves e de grande impacto económico”, refere a Fenadegas

 

Recomendadas

Lagarde avisa que taxas de juro vão continuar a subir

Dados da inflação na zona euro em novembro vão ser conhecidos esta semana. BCE reúne-se em meados de dezembro.

Cáritas já recebe pedidos de quem não consegue pagar empréstimo da casa

“O pânico foi imediato. O receio das pessoas, a angústia com que se aproximavam de nós a dizer ‘ai, se eu perco a minha casa’. É que nós tivemos uma crise em que houve muita gente a perder a casa; é recente ainda, está na memória das pessoas – 2008”, afirmou Rita Valadas.

Expectativas de exportação na Alemanha aumentam em novembro, diz Ifo

Depois de uma queda no mês anterior, a indústria automóvel volta a ter expectativa de crescimento nas exportações.
Comentários