FENPROF quer mais 20 mil professores nos quadros

Mais 20 mil professores nos quadros até 2019 é a exigência da FENPROF. Ministério propõe mais 100 para o novo ano.

A FENPROF promete manifestações de docentes caso a proposta apresentada pelo ministério se concretize, divulgou a Agência Lusa.

Mário Nogueira, secretário-geral da FENPROF, classificou como “extremamente redutora” a medida de vinculação extraordinária de docentes com 20 anos de serviço prestado com habilitação profissional, que apenas integraria 100 docentes.

A FENPROF acusa a tutela de Tiago Brandão Rodrigues de não apresentar um novo documento de negociação no prazo estabelecido. A Federação propõe, assim, que todos os docentes com 15 ou mais anos de serviço entrem nos quadros a 1 de Setembro de 2017, que todos os docentes com dez ou mais anos de serviço entrem a 1 de setembro de 2018 e, a 1 de setembro de 2019, sejam vinculados todos os docentes com cinco ou mais anos de serviço.

 

Recomendadas

Continental Engineering Services quer contratar 200 pessoas e duplicar efetivos até final de 2023

A subsidiária do Grupo Continental, que fornece serviços de engenharia às indústrias, abre as suas portas na cidade Invicta ao primeiro ‘OPEN DAY’ no próximo dia 29 de setembro para um primeiro contacto com jovens candidatos.

Gulbenkian lança 500 novas bolsas de mérito para alunos com baixos recursos e notas altas

Podem candidatar-se os alunos colocados no ensino superior, através do concurso nacional, com nota de entrada igual ou superior a 17 valores e rendimento familiar anual per capita até 12 mil euros. Candidaturas decorrem entre 1 e 24 de outubro.

Empresa Dynasys e Universidade de Coimbra desenvolvem armário de desinfeção inovador

O sistema pode ser crucial para prevenir a disseminação de infeções em lojas de roupa e calçado, onde os itens são amplamente manipulados, mas também em espaços como hospitais, laboratórios, ginásios, escolas e empresas.
Comentários