Fernando Pimenta arrecada prata em k1 1.000 metros nos mundiais

O canoísta tinha chegado ao bronze no K1 500 metros, e tem mais duas finais para disputar.

O canoísta Fernando Pimenta conquistou hoje a medalha de prata em K1 1.000 metros, falhando a revalidação do título mundial, no Canadá, uma hora depois de ter sido bronze nos não olímpicos K1 500 metros.

Na segunda das quatro finais que o limiano vai disputar em Halifax, e com apenas uma hora e três minutos entre regatas, Pimenta, na pista cinco, cumpriu a prova em 03.38,98 minutos, apenas cinco centésimos de segundo atrás do vencedor, o húngaro Balint Kopasz, atual campeão olímpico.

Pimenta, campeão do mundo em 2021 e bronze em Tóquio2020, chega, assim, às 117 medalhas em competições internacionais.

No domingo, o canoísta luso tem ainda a final, direta, do K1 5.000 e do K2 500 misto, com Teresa Portela, nenhuma das provas integrantes do programa olímpico.

Esta é a terceira medalha para Portugal nos mundiais, depois do bronze em K1 500 metros e de Norberto Mourão na classe adaptada VL2.

Recomendadas

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quinta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quinta-feira.

Milionário inglês interessado no Manchester United

O interesse do empresário de 69 anos foi avançado pela “Bloomberg”, que deu conta de que a família Glazer está disposta a vender uma participação minoritária no clube onde milita Cristiano Ronaldo.

Sporting interessado em Ronaldo, mas só se o jogador vier de graça (com áudio)

Imprensa inglesa avança que o Sporting já sondou o Manchester United sobre a possibilidade de libertar CR7 sem exigir uma quantia pela transferência.
Comentários