Filhos de embaixador iraquiano saem de Portugal, MNE pede esclarecimentos

O Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) vai pedir esclarecimentos às autoridades iraquianas sobre a saída do país dos filhos do embaixador do Iraque, suspeitos de terem agredido um jovem em Ponte de Sor.

A RTP noticiou esta noite que os dois irmãos saíram hoje de Portugal, num avião com destino a Istambul (Turquia).

Questionada pela Lusa, fonte oficial do gabinete do ministro disse que o Ministério vai contactar a embaixada iraquiana em Lisboa para pedir esclarecimentos sobre esta situação.

Já ao final da noite de hoje, o MNE disse ter recebido, “entretanto, da embaixada do Iraque, a informação de que havia sido remetida nota a comunicar a deslocação do embaixador e da sua família”.

“Logo que possível, averiguaremos se foi efetivamente recebida, nos nossos serviços, essa comunicação e, se sim, quando”, acrescentou a mesma fonte do MNE.

Na quarta-feira passada, o chefe da diplomacia portuguesa anunciou ter convocado o embaixador do Iraque em Lisboa, insistindo no pedido de levantamento da imunidade diplomática dos dois jovens iraquianos, e deu um prazo máximo de 20 dias úteis para o Estado iraquiano responder.

No mesmo dia, a Procuradoria-Geral da República considerou imprescindível levantar a imunidade diplomática dos filhos do embaixador do Iraque em Lisboa, para que possam ser ouvidos em interrogatório e enquanto arguidos, para o esclarecimento dos factos.

Hoje, a fonte do Palácio das Necessidades, sede da diplomacia portuguesa, reiterou que “a preocupação do MNE é que o processo judicial decorra, o que implica o levantamento da imunidade diplomática”.

Questionada sobre se a saída dos jovens do país pode ameaçar o desenvolvimento do processo judicial em Portugal, a mesma fonte respondeu que o ministério “aguarda a resposta do Iraque ao seu pedido de levantamento”.

Instada a comentar se considera que o Ministério Público (MP) deveria ter impedido a saída dos jovens, o MNE recusou pronunciar-se “sobre matérias que são da competência” do MP.

 

Recomendadas

Dia Mundial do Professor. Marcelo felicita docentes pela “competência, dedicação e entusiasmo”

Numa nota publicada na página da Presidência da República na internet, é recordado que hoje se assinala o Dia Mundial do Professor, instituído pela UNESCO para “evidenciar o papel dos professores, absolutamente essencial para o sucesso das novas gerações e no desenvolvimento das sociedades”.

5 de outubro: Marcelo pede que se faça avançar democracia com “caminho para todos”

Num discurso de onze minutos, na cerimónia comemorativa dos 112 anos da Implantação da República, na Praça do Município, em Lisboa, Marcelo Rebelo de Sousa falou dos governos que “tendem quase sempre a ver-se como eternos” e das oposições “quase sempre a exasperarem-se pela espera”, afirmando em seguida que “nada é eterno” e que “a democracia é por natureza o domínio da alternativa, própria ou alheia”.

Cleanwatts vai criar uma Comunidade de Energia Renovável em Braga

“Vamos instalar uma Central Fotovoltaica de 1,2 MWp (megawatts-pico), com mais de 2.100 painéis solares, nos telhados da Arquidiocese de Braga, que será integrada numa Comunidade de Energia Renovável”, explica Basílio Simões, fundador e presidente da Cleanwatts.
Comentários