Filipe Bismarck é o novo presidente da ANJAP

Nas eleições de sexta-feira, o advogado foi eleito o novo presidente da Associação Nacional de Jovens Advogados, vencendo também as eleições para a Direção Regional de Coimbra, onde concorriam duas listas. Bismarck sucede assim a José Costa Pinto.

Filipe Bismarck é o novo presidente da Associação Nacional dos Jovens Advogados Portugueses (ANJAP) nas eleições que elegeram esta sexta-feira o líder da Associação para o próximo triénio. A lista de Bismarck venceu também as eleições para a Direção Regional de Coimbra, onde concorriam duas listas. “Os nossos principais objetivos são os de defender os interesses específicos dos jovens advogados, ser uma mais-valia na afirmação profissional dos jovens advogados, criar benefícios para os associados, contribuir para o bom nome e imagem da ANJAP e representar a Associação de forma digna”, disse ao Jornal Económico.

Para alcançar os objetivos referidos, o novo presidente da ANJAP pretende, entre outras medidas, “desenvolver atividades que permitam colocar em debate dificuldades da jovem advocacia, realizar ações de sensibilização junto das mais variadas entidades na defesa dos interesses dos jovens advogados e apresentar propostas e comunicados sobre temas que digam respeito à advocacia e à justiça”.

Licenciado em Direito na Universidade Católica, tem um mestrado Forense na vertente Direito Civil & Direito Empresarial. Este advogado da Teixeira Duarte passou pelas sociedades Neville De Rougemont LLP e Vieira Fonseca & Associados – Sociedade de Advogados. Foi ainda secretário-geral da European Law Students’ Association e é autor da tese intitulada “A introdução das ações sem valor nominal no direito português”.

Relacionadas

PremiumJosé Costa Pinto: “É o momento de deixar a presidência da Associação Nacional de Jovens Advogados Portugueses”

José Costa Pinto anuncia ao Jornal Económico que não se vai recandidatar à presidência da ANJAP, cujas eleições serão em dezembro. Nesta entrevista fala ainda sobre o estado da Justiça em Portugal.
Recomendadas

PremiumJoão Caiado Guerreiro: “Os vistos gold têm sido extremamente positivos para o país”

Área de Imigração deverá continuar a ser das mais dinâmicas da Caiado Guerreiro, apesar do anunciado fim dos vistos ‘gold’. Processo para cobrar cinco milhões de euros em honorários à Pharol vai a julgamento em fevereiro.

Alteração da proposta de OE para 2023 em sede de tributação de criptoativos (IRS): algumas notas

Em termos globais, tudo indica que passamos de uma proposta altamente abrangente para uma proposta altamente competitiva que parece apresentar as condições necessárias para manter Portugal na lista de países considerados ‘crypto-friendly’.

Datalex prevê levar software para advogados a Espanha e Brasil no próximo ano

O diretor da startup portuguesa Datalex disse ao Jornal Económico que a internacionalização passará por parcerias estratégicas. A empresa de tecnologia para juristas renovou recentemente a imagem de marca para apostar noutros mercados e prevê fechar 2022 com uma subida de até 62% na faturação.
Comentários